ANO: 26 | Nº: 6526
06/01/2020 Fogo cruzado

Projeto que cria Rota dos Butiazais na região terá novo relator

Foto: Wilson Cardoso\Agência ALRS

Dalciso Oliveira apresentou parecer favorável na comissão de Economia
Dalciso Oliveira apresentou parecer favorável na comissão de Economia

Aprovado pela Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo da Assembleia Legislativa, com parecer favorável do deputado estadual Dalciso Oliveira, do PSB, no final do ano passado, o projeto de lei que inclui as cidades de Candiota e Hulha Negra na Rota dos Butiazais do Estado do Rio Grande do Sul terá novo relator na Comissão de Assuntos Municipais. A relatoria deve ser definida em março.
Apresentado pelo deputado estadual Eduardo Loureiro, do PDT, o projeto abrange os municípios de Alegrete, Arambaré, Arroio Grande, Barão do Triunfo, Barra do Ribeiro, Butiá, Canguçu, Caxias do Sul, Encruzilhada do Sul, Erechim, Giruá, Morro Redondo, Mostardas, Osório, Palmares do Sul, Passo Fundo, Porto Alegre, Quaraí, Santa Vitoria do Palmar, Pelotas, Pinhal da Serra, Rio Grande, Santana do Livramento, Tapes, Torres, Vacaria e Viamão.
A rota visa desenvolver o turismo regional; desenvolvendo a produção local nas áreas do turismo, história, cultura, artesanato e gastronomia. Os objetivos da legislação incluem a implantação de mecanismos de educação ambiental e incentivo aos empreendimentos turísticos e econômicos, bem como o estímulo à organização produtiva das comunidades locais relacionadas ao turismo, ao artesanato, à gastronomia e à geração de novas fontes de emprego e renda.
A proposição classifica como atrativos turísticos todos os locais e eventos de interesse turístico, cultural, histórico, natural, artesanal, gastronômico e de entretenimento, incluindo lagoas, rios, lagos, cascatas, morros, matas e florestas, sobretudo às áreas com a efetiva presença de butiazeiros. Se a legislação for aprovada, o poder público será autorizado a firmar parcerias com universidades, empresas públicas de pesquisa, entidades e com a iniciativa privada, de modo a apoiar atividades da Rota das Butiazais.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...