ANO: 26 | Nº: 6528
08/01/2020 Segurança

Indiciado pela morte de Reginaldo é preso preventivamente

O indiciado pela morte de Reginaldo Almeida de Oliveira, de 40 anos, foi preso no centro de Bagé, nesta terça-feira, por agentes da Brigada Militar. Um mandado de prisão preventiva havia sido expedido após o Natal do ano passado.
Conforme a delegada Daniela Barbosa de Borba, responsável pelo inquérito do homicídio ocorrido no dia 28 de junho de 2019, em frente ao Hospital da Guarnição de Bagé, na avenida Portugal, um pedido havia sido indeferido pelo judiciário no ano passado, mas o Ministério Público entrou com novo pedido no Tribunal de Justiça que foi deferido. “Ele estava foragido, passamos o mandado para a Brigada Militar após o natal e hoje (ontem) ele foi encontrado e preso preventivamente”, explicou.

Relembre
A Primeira Delegacia de Polícia Civil, coordenada pela delegada Daniela Barbosa de Borba, remeteu, no dia 29 de julho, ao poder Judiciário, o inquérito policial que apurou o homicídio da vítima. Um homem foi indiciado.
A delegada responsável pela investigação indiciou o autor do crime e representou pela decretação da prisão preventiva, que foi indeferida pelo Judiciário.
O caso aconteceu na avenida Portugal, no dia 28 de junho de 2019, às 18h40min, próximo ao Hospital Militar. Oliveira foi encontrado baleado, com três tiros no tórax. Após atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a vítima foi encaminhada à Santa Casa de Caridade. Durante a madrugada ele não conseguiu resistir aos ferimentos e morreu.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...