ANO: 25 | Nº: 6458
18/01/2020 Fogo cruzado

Bagé recebe recursos para construção de oficina ortopédica

Foto: Paulo Batista/EspecialJM

Projeto foi assinado, na quinta-feira, pelo prefeito Divaldo Lara
Projeto foi assinado, na quinta-feira, pelo prefeito Divaldo Lara
A Prefeitura de Bagé, através da Secretaria Municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, foi contemplada, pelo Ministério da Saúde, com o recurso equivalente a R$ 744 mil para a construção de uma oficina ortopédica. O município também conta com R$ 350 mil para aquisição de equipamentos. No futuro espaço, serão produzidas órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, dando suporte ao Serviço de Reabilitação Física, que atende, além de Bagé, mais 27 municípios da região. O projeto, desenvolvido pela R Pereira Engenharia e Construção Ltda, foi assinado na quinta-feira, 16, pelo prefeito Divaldo Lara, do PTB.
O petebista afirma que a nova estrutura terá mais de 355 metros de área construída, ‘reduzindo o número de pacientes com estado agravado, por demora na aquisição de seus aparelhos de órteses/próteses’. “É mais uma grande conquista para nossa cidade, um projeto magnífico, que vai oferecer conforto. Com certeza é um grande avanço para Bagé”, destaca Divaldo, ao parabenizar o secretário de Saúde, Mário Mena Kalil, e a equipe de governo, que, ainda de acordo com o prefeito, ‘vem realizando um grande trabalho em prol da saúde dos munícipes’.
Após a chancela do chefe do Executivo, o projeto deve ser encaminhado para ser protocolado por outros órgãos, como a Secretaria Municipal de Gestão e Planejamento (Geplan), Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros. Após essas etapas, que devem levar de 15 a 30 dias, o projeto aprovado estará pronto para execução do edital de licitação da obra. A oficina será construída em um terreno ao lado do Centro de Referência Eduardo Sá Monmany, no bairro Getúlio Vargas.
Segundo o arquiteto responsável pela elaboração do projeto, Vagner Gonçalves, o espaço vai atender toda a oficina, onde vai ser realizado o atendimento de pessoas que precisam de órteses, próteses, e ainda contará com salas para tomada de moldes, produção de gesso, entre outros serviços de Fisioterapia. A previsão, conforme o arquiteto, é de que as obras sejam concluídas no prazo de seis meses. “É com grande satisfação que passamos a informação para a população que fomos agraciados com uma oficina ortopédica, principalmente, para aquelas pessoas que precisam. Vai ser um local onde vamos desenvolver todos os equipamentos necessários para a reabilitação física”, comemora o titular da pasta.
Kalil ainda observa que o recurso federal já está disponível nas contas do município e que Bagé será a primeira e única cidade gaúcha que terá a oficina deste porte, indicada pelo governo estadual. “Já foram feitas todas as adequações, conforme as necessidades, e agora passa para a próxima fase, que é aprovação e licitação. Quem sabe nos primeiros dias do segundo semestre deste ano, já estaremos inaugurando a primeira oficina ortopédica, vinculada a uma reabilitação física. Um investimento de mais de R$ 1 milhão de recursos federais, que o município vai oferecer aos bajeenses e também à região, com um atendimento mais rápido, adequado”, pontua o secretário, acrescentando ainda que é um grande avanço para a cidade, graças ao olhar humanizado do prefeito e servidores que fizeram todo o projeto.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...