ANO: 26 | Nº: 6544

Egon Kopereck

egonkopereck@gmail.com
Pastor da Congregação Evangélica Luterana da Paz
18/01/2020 Egon Kopereck (Opinião)

O homem moderno tem pressa

Amigos leitores!
Diz um ditado popular:  “A pressa é inimiga da perfeição.”
Deus não tem pressa, nem horário marcado.  Ele é fora do tempo e do espaço.  Presença paciente na história pessoal de cada criatura.  Deus é bondade, misericórdia e amor.
O ser humano, ao contrário, tem pressa.  Pressa de alcançar, pressa de adquirir, pressa de resolver e decidir, pressa de galgar posições, pressa de acumular fortunas, pressa de ser.  O homem tem pressa, inclusive, quando se trata de orar e falar  com Deus.
O homem moderno tem pressa.  É um eterno agitado, escravo de compromissos, vítima do relógio.  E nessa correria e agitação da vida, está perdendo o segredo de dialogar, de se comunicar.  O fascínio do homem é descobrir, o fascínio de Deus é ser e existir.  E quando adentro estas duas realidades contrastantes fico perplexo e descubro que Deus se chama: Paciência.
Apesar da nossa pressa, apesar da nossa falta de diálogo, Ele ainda espera com paciência, amor e bondade por nosso contato.  Ele não desiste de nós.  Na agitação da vida, em que nos deixamos envolver, onde a mídia, as programações, as ofertas do dia a dia nos absorvem e fazem viver com pressa, sem tempo para dialogar, sem tempo para a família, sem tempo para amar, sem tempo para olhar as necessidades do próximo,  e o pior, sem tempo para Deus e sua Palavra. Sim, apesar de tudo isso, o nosso Deus, paciente e bondosamente continua a esperar por um contato, um chamado, uma palavra de gratidão, uma súplica, um grito de socorro.
Sim, Deus é paciente e misericordioso, mas não esqueçamos, apesar da importância e do bom trabalho que os bombeiros fazem, Deus não quer ser apenas um bombeiro em nossa vida, a quem chamamos apenas na necessidade, quando temos um problema, um incêndio em nossa vida.  Deus quer nos ouvir nas horas boas e nas horas ruins.  Ele quer ouvir nossas súplicas e pedidos e, também, nossa gratidão, louvor e reconhecimento.
Amigos leitores!  Acalmemos nossos passos.  A pressa nos aliena, nos distancia das pessoas, nos deprime, angustia e enche de ansiedades e preocupações.  Tiremos tempo para nossos filhos, nosso cônjuge, nossos amigos, um bom diálogo, um gesto de carinho, um ato de amor e, acima de tudo, um tempo para conversar com Deus em oração, e deixar ele falar conosco, através da sua Palavra, a Bíblia Sagrada.
Ah!  Pra nós gaúchos, temos uma ferramenta, um mecanismo que pode nos ajudar bastante:  Um tempo para sentar e tomar um bom chimarrão, e aí:  Enquanto eu cevo o mate, tu falas, depois, quando tu tomas o mate, eu falo.  Que maravilha.  Não deixemos de aproveitar esse bom costume, e esse belo recurso que está aí,  à nossa disposição.
Um bom chimarrão pra todos, sem pressa e sem nada que interfira num bom diálogo.
Pensemos nisso e que Deus nos abençoe.


Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...