ANO: 26 | Nº: 6524
08/02/2020 Opinião

O Senhor é meu pastor


Você já deve ter ouvido e rezado o Salmo do Bom Pastor: o Senhor é meu Pastor, nada me faltará. É o salmo 22 ou 23, conforme a tradução. Certamente foi o mais comentado na tradição e o mais assimilado na piedade popular, pois ele trata com simplicidade do Deus que acompanha nossos passos e da necessidade que nós temos de sermos acompanhados por Ele. Foi e é rezado por muitas pessoas, independente de religião. Um grande filósofo francês, Henri Bergson, dizia: das centenas de livros que li, nenhum me trouxe tanta luz e conforto como esses poucos versos do Salmo 23, "o Senhor é meu Pastor, nada me falta; ainda que eu ande por um vale tenebroso não temo mal algum, porque Tu estás comigo".
Um outro notável escritor francês, convertido ao catolicismo, ficou fascinado por esse salmo e ele escreve: "essas frases assim tão simples se fixaram em minha memória sem nenhuma dificuldade. Via o Pastor, via o vale tenebroso e via a mesa posta. Era o Evangelho em miniatura. Quantas vezes nas minhas horas de angústia me recordei do cajado reconfortante que evita o perigo. Todos os dias recitava esse pequeno poema profético, cujas riquezas nunca se exaurem. Num dia marcante da Segunda Guerra Mundial, 6 de julho de 1944, quando acontecia a invasão das tropas aliadas à Normandia, um soldado canadense recitava em alta voz o Salmo 23 e assim acalmava a tropa amedrontada".
Esse Salmo promove confiança e consolo. Mesmo na morte o ser humano não será abandonado, pois sobre ele se faz ouvir a eterna mensagem: Eu estou contigo para a vida e além da morte. O salmo, de certa forma, ameniza o drama da morte com esta palavra de consolação, "ainda que passe pelo vale da morte, nenhum mal temerei, porque Tu estás comigo". Esta serena confiança é bem expressa no Salmo "O Senhor é meu pastor, nada me faltará, em verdes pastagens me faz repousar, para fontes tranquilas me conduz". Ele nos assegura, "Eu estou contigo, nada te falta. E habitarás na casa do Senhor todos os dias da tua vida".
Meu amigo leitor, que este Salmo - que você pode buscar na sua Bíblia e até decorá-lo e tê-lo presente todos os dias -, possa ser um consolo para você, para tua alma, para tua família, para tua vida... Nós precisamos buscar as riquezas que existem também na revelação da palavra, para vivermos melhor. Deus te abençoe!

Padre Ezequiel Dal Pozzo
contato@padreezequiel.com.br

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...