ANO: 26 | Nº: 6494
15/02/2020 Urcamp em Pauta

Bioma em foto

Foto: Anabela Silveira de Oliveira Deble

Imagem registrada em São Vicente, RS, no Cerro Itatiaquá, na Primavera de 2016 (Crédito: Anabela Silveira de Oliveira Deble)
Imagem registrada em São Vicente, RS, no Cerro Itatiaquá, na Primavera de 2016 (Crédito: Anabela Silveira de Oliveira Deble)
Pertencente à família Apocynaceae, o velame-do-campo (Macrosiphonia longiflora (Desf.) Müll.Arg.) é um subarbusto perene nativo que cresce em campos arenosos na Região da Campanha, Depressão Central e Sudoeste do RS. Apresenta ramos e face inferior das folhas e nervuras acinzentados e pilosos, sendo que a face superior das folhas é verde. As inflorescências, que atingem até 35 cm de comprimento, possuem até quatro flores aromáticas brancas com centro amarelado, que surgem entre setembro e dezembro na primavera. As flores são bastante efêmeras e abrem-se ao entardecer, fechando-se na manhã seguinte. De distribuição geográfica tropical, a espécie ocorre em áreas campestres, juntamente com outras espécies herbáceas e pode ser utilizada para fins ornamentais. A coloração e o tamanho das flores, com abertura ao entardecer, adicionam às composições paisagísticas um belo efeito quando cultivada em canteiros ou vasos em áreas externas. (Texto: Eduarda Meirelles, Acadêmica da Graduação I - Módulo IV: Biodiversidade Vegetal - Katiane Bubolz Hornke, Ciências Biológicas Urcamp). Para saber mais sobre essa ou outras espécies da flora e fauna do Bioma Pampa, entre em contato com o curso de Ciências Biológicas da Urcamp. O telefone para contato é o (53) 3242-8244, ramal 212.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...