ANO: 26 | Nº: 6523
29/02/2020 Cidade

Fundação Iberê Camargo realiza visita guiada à exposição do Grupo de Bagé

Foto: Nilton Santolin/Iberê Camargo

Visita guiada acontece na tarde deste sábado
Visita guiada acontece na tarde deste sábado

Para quem está de viagem marcada para Porto Alegre, uma opção de lazer para este final de semana é a visita mediada à exposição “Os Quatro – Grupo de Bagé”, na Fundação Iberê Camargo. A atividade acontece neste sábado, a partir das 17h, e apresenta as obras de Carlos Scliar, Danúbio Gonçalves, Glauco Rodrigues e Glênio Bianchetti com explicações do acervo exposto e as diferentes correlações com o cotidiano atual gaúcho. Ao todo, 180 obras compõem a maior mostra das últimas duas décadas sobre o grupo. A entrada é gratuita e as inscrições serão feitas no local, conforme lotação do espaço.

De qualquer forma, quem perder a visita mediada terá a oportunidade de apreciar a exposição até 8 de março, com entrada franca. O local abre de quarta-feira a a domingo, das 14h às 19h (o último acesso é às 18h30min).

É importante relembrar que o Museu da Gravura Brasileira, mantido pela Fundação Attila Taborda, contribuiu com a exposição, cedendo 25 obras do próprio acervo para a mostra. Como contrapartida, a Fundação Iberê Camargo garantiu o restauro de duas obras: "Primeira Série" (1951), de Danúbio Gonçalves, e a pintura "Pilão" (década de 1960), de Glênio Bianchetti.

Além do acervo do Museu da Gravura, a mostra também apresenta obras emprestadas pelo Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Porto Alegre), Pinacoteca Aldo Locatelli da Prefeitura de Porto Alegre, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Pinacoteca do Estado de São Paulo e Instituto Carlos Scliar (Cabo Frio, RJ), além de peças do espólio de Danúbio Gonçalves, Glênio Bianchetti e Glauco Rodrigues, emprestadas pelas famílias.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...