ANO: 26 | Nº: 6540

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com
Colaborador da União Espírita Bajeense bagespirita.blogspot.com.br
07/03/2020 José Artur Maruri (Opinião)

Os artífices da imortalidade


Há muito tempo os sofrimentos humanos permeiam a Terra.
Não fosse por isso, o Mestre Jesus não teria necessidade de colocar a lição descrita pelo apostolo Mateus:
"Vinde a mim, todos os que andam em sofrimento e vos achais carregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve". (Mateus 11: 28-30)
É duro deixar negar que a Terra ainda se encontra como há época de Allan Kardec, no século 19, com muitas decepções, dores físicas, perda de entes queridos, mas como o próprio Codificador do Espiritismo asseverou, "todos os sofrimentos (...) encontram sua consolação na fé no futuro, e na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens."
No entanto, segundo Allan Kardec, a única condição impostas por Jesus para sua assistência e para a felicidade que promete aos aflitos é o cumprimento da própria lei que ele ensina – amar ao próximo como a si mesmo e não fazer aos outros aquilo que não gostaria que fosse feito a si mesmo – "(....) seu jugo é a observação dessa lei. Mas esse jugo é leve e essa lei é suave, pois que impõe como dever o amor e a caridade".
Pode ser que, por isso, a chegada do Irmão Jacob ao mundo Espiritual tenha sido com tamanha tranquilidade, como nos aponta a psicografia do sempre lembrado Francisco Cândido Xavier na obra "Voltei":
"Que seria da existência humana se todos os homens guardassem consigo a certeza de que vivem rodeados pela nuvem de testemunhas espirituais? Como agiria a criatura na vida doméstica e no círculo social se estivesse convencida de que amigos e afeiçoados a esperam em outro lar?
Inseguro viajante, preferindo roteiros incertos, o Espírito encarnado quase nunca se lembra de que é simples hóspede da esfera que o recebe. Não fosse um desmemoriado das bênçãos divinas e a caminhada, através da carne, ser-lhe-ia muito mais proveitosa e mais feliz o regressar!
Esses pensamentos assaltavam-me o cérebro, ante os amigos que nos abraçavam acolhedores. Aguardavam-no, contentes, no 'outro lado', com o carinho amplexo de boas-vindas!
Nenhum de nós, os que fazíamos aquela travessia pela primeira vez, depois de permanência demorada na carne, ficou órfão das lágrimas de ventura! As explosões de carinho com que éramos recebidos faziam-me acreditar no ingresso no paraíso".
Diante de uma narração como a precita, se dissipam as dúvidas acerca do sofrimento que ainda paira sobre o orbe terrestre. Temos o caminho a ser seguido, descrito pelo próprio Mestre Jesus em sua lei. Já estamos diante do próprio Consolador Prometido anunciado pelo Cristo e organizado por Allan Kardec. E, ainda, temos os próprios Espíritos trazendo seus relatos através de inúmeros médiuns, entre eles, Chico Xavier.
Enfim, fiquemos com as lições do próprio Espírito de Verdade, em Paris, 1861:
(...) Em verdade vos digo: os que carregam seus fardos e assistem os seus irmãos são os meus bem-amados. Instrui-vos na preciosa doutrina que dissipa o erro das revoltas e vos ensina o objetivo sublime da prova humana. Como o vento varre a poeira, que o sopro dos Espíritos dissipe a vossa inveja dos ricos do mundo, que são frequentemente os mais miseráveis, porque suas provas são mais perigosas que as vossas. Estou convosco, e meu apóstolo vos ensina. Bebei na fonte viva do amor, e preparai-vos, cativos da vida, para vos lançardes um dia, livres e alegres, no seio daquele que vos criou fracos para vos tornar perfeitos, e deseja que modeleis vós mesmos a vossa dócil argila, para serdes os artífices da vossa imortalidade".

(Referências: Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 6, itens 1, 2 e 6. FEB Editora. Irmão Jacob. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Voltei. FEB Editora. Cap. 8. Pag. 81-82.)

José Artur M. Maruri dos Santos
Colaborador da Sociedade Espírita Léon Denis
bagespirita.blogspot.com
josearturmaruri@hotmail.com

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...