ANO: 26 | Nº: 6494
18/03/2020 Campo e Negócios

Começa vacinação antecipada contra aftosa

Foto: Fernando Dias/Especial JM

Aplicações de doses foram mantidas mesmo diante dos cuidados ao coronavírus
Aplicações de doses foram mantidas mesmo diante dos cuidados ao coronavírus
A etapa antecipada da vacinação contra a febre aftosa se iniciou segunda-feira (16), em todo o Rio Grande do Sul. Todo o rebanho bovino e bubalino gaúcho, estimado em 12,6 milhões de cabeças, deve ser imunizado até o próximo dia 14 de abril.

Mais de 600 casas agropecuárias estão cadastradas para vender a vacina, segundo o Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa). A lista completa e mais informações estão no site da Secretaria da Agricultura (agricultura.rs.gov.br/aftosa). "Há disponibilidade de doses para todo o rebanho, entretanto recomendamos aos produtores que não deixem tudo para a última hora, buscando imunizar os animais logo na primeira quinzena da etapa", explica o coordenador do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção de Febre Aftosa no Estado, Fernando Groff.

Ainda não há novas recomendações acerca dos cuidados com o novo coronavírus para as atividades no campo, exceto evitar aglomerações e realizar a higienização das mãos e não compartilhar equipamentos de uso pessoal, como o chimarrão.

As autoridades sanitárias reiteram que não há o contágio de humanos para animais. "Com o avanço da pandemia, é preciso estar atento às recomendações para conter o contágio (mais informações em saude.rs.gov.br/coronavirus), destaca o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul, Rogério Kerber, e manter os cuidados sanitários relacionados aos animais.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...