ANO: 26 | Nº: 6495
21/03/2020 Esportes

FGF abre discussão com Sindicato dos Atletas Profissionais

Foto: Divulgação

Rumos das competições podem ser definidos na semana que vem
Rumos das competições podem ser definidos na semana que vem

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) reuniu-se, na noite de quinta-feira, com representantes do Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul. O encontro teve como foco debater quais os rumos que serão adotados em relação ao futebol, tanto na questão de calendário das competições quanto às medidas a serem tomadas numa eventual rescisão de contrato com os jogadores, se os torneios forem cancelados.
Em relação ao Gauchão, o resultado da reunião foi um indicativo para que o campeonato tenha sua suspensão ampliada, por mais 15 dias. O implicativo do torneio é em virtude da falta de datas compatíveis no calendário nacional, ainda mais com a suspensão de todas as competições, em função do coronavírus, tanto das organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que é o caso da Copa do Brasil, quanto dos torneios da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), como a Libertadores e a Copa Sul-Americana. Assim, a federação ainda estuda uma possibilidade do torneio ser retomado posteriormente.
Já a situação da Divisão de Acesso, pelo fato de nenhum dos 16 times estar numa divisão nacional, a flexibilidade é maior para remanejamento da competição. Discutiu-se, durante o encontro, a possibilidade do certame continuar somente no segundo semestre. Diferentemente do Gauchão, que já teve um turno realizado, com o Caxias campeão, a Divisão de Acesso teve, realizada, somente três rodadas.
Nesse contexto, vale lembrar, em entrevista para o jornal MINUANO, o presidente Rafael Alcalde até sugeriu uma possível solução para o segundo semestre, da Divisão de Acesso ser realizada aos domingos e a Copinha, às quartas-feiras. Assim, o calendário gaúcho do futebol do interior não seria comprometido, tampouco as vagas para a série D do Brasileiro e Copa do Brasil de 2021. Mas para cancelar, agora, a Divisão de Acesso, o mandatário também ressaltou pela necessidade de um respaldo jurídico da CBF, no que se refere às rescisões contratuais dos atletas, a fim de que não haja oneração por parte dos clubes. Contudo, também precisa-se discutir uma forma que os atletas, principalmente do interior, não fiquem desamparados financeiramente. A Terceirona Gaúcha, que começaria em abril, não tem prazo para iniciar, tampouco há garantia que seja realizada em 2020.
Entretanto, tudo são indicativos e possibilidades. As definições devem ser tomadas em reunião entre FGF e clubes, no início da semana que vem, por videconferência. Resta, agora, o presidente da FGF, Luciano Hocsmann, informar a data e horário do encontro. Mas, até segunda ordem, Gauchão e Divisão de Acesso estão suspenso por 15 dias, com prazo correndo desde a segunda-feira passada.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...