ANO: 26 | Nº: 6527
21/03/2020 Segurança

Prefeitura pede reforço de médicos e outros profissionais da saúde ao Exército Brasileiro

Foto: Divulgação

Centro de triagem e informações já está instalado
Centro de triagem e informações já está instalado

O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, e o secretário de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, solicitaram ao general da 3° Brigada de Cavalaria Mecanizada, Júlio César Baltieri, a cessão temporária de profissionais de saúde da guarnição do exército para auxiliar nas demandas de combate ao coronavírus, atuando em duas barracas de campanha que foram montadas na frente da Unidade de Pronto atendimento (UPA 24h).

A intenção é reforçar o combate da transmissão do coronavírus com auxílio das Forças Armadas. Bagé tem, até o momento, dois casos confirmados para o Covid-19 e outros 18 estão sendo analisados.

Depois de decretar calamidade pública, com medidas de fechamento do comércio local, academias, restaurantes e outros locais públicos no final da tarde de quinta-feira (19/03), os gestores se reuniram com a Comissão Municipal de Acompanhamento do Covid-19, para que outras ações possam ser intensificadas na cidade.

"Além da montagem de uma grande estrutura na frente da UPA, para fazer triagem dos pacientes que ali chegarem em estado gripal, evitando a contaminação de outros usuários que lá estiverem buscando atendimento, também fizemos uma reunião com hospitais para definir áreas novas para receber pacientes. O Hospital Universitário aderiu, vai reabrir a UTI, e nós vamos colocar mais respiradores. Esperamos não precisar usar. As ações estão sendo rápidas e contundentes", afirmou o secretário.

O coordenador da UPA, Michelon Apoitia, reforçou a importância da ação conjunta e alertou: "Venha na UPA somente em casos de urgência e emergência".

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...