ANO: 26 | Nº: 6589
28/03/2020 Cidade

Urcamp utiliza plataforma digital e ministra aulas com avaliações positivas

Foto: Reprodução JM

Encontro entre docentes e acadêmicos ocorre no horário normal, mas pela internet
Encontro entre docentes e acadêmicos ocorre no horário normal, mas pela internet

Desde a semana passada, a Urcamp ministra aulas em plataformas digitais, no mesmo horário em que aconteceriam as aulas presenciais. O modelo tem a aprovação da grande parte dos alunos.
Quando a Prefeitura de Bagé decretou estado de calamidade, por conta dos primeiros casos confirmados de Covid-19, a Instituição de Ensino Superior deu início à implantação do formato acadêmico on-line, para conectar docente e acadêmicos. E os resultados surpreenderam até mesmo a gestão, que viu manifestações positivas dos próprios alunos, através de depoimentos aos professores e nas redes sociais.
A reitora Lia Maria Herzer Quintana reforça a importância de dar seguimento às atividades, sem abrir mão da prevenção. "Foi o formato que encontramos de dar prosseguimento em nossas atividades, mantendo a proteção dos alunos e a nossa e, dessa forma, não prejudicar o calendário acadêmico", explica a gestora.
O acadêmico de Farmácia, Victor Vidal Gonçalves, diz que este método é o mais apropriado em tempos de confinamento. "Serão dias, semanas difíceis, mas tudo para evitar um maior número de infectados. Então, as aulas on-line, além de serem mais interativas e interessantes em vários aspectos, nos trouxeram mais segurança em relação a tudo isso que está acontecendo", justifica.
A pró-reitora de Ensino, Virgínia Dreux, relata que a Instituição se preparou de forma ágil. "A Urcamp está preparada para esse momento que estamos vivendo, já que nossos professores possuem formação docente de forma continuada. Nossos alunos estão tendo aulas on-line nos mesmos horários que teriam no presencial, com os professores acompanhando todo o tempo. Lembrando, não são aulas EAD, porque não estamos apenas postando conteúdos, estamos juntos com aluno, ensinando e auxiliando durante as aulas", destaca.
As atividades on-line permitem, por exemplo, o uso de tecnologias ativas, oportuniza a troca de experiências, vivências, com a mesma interatividade das aulas presenciais, uma vez que o desenvolvimento de competências podem ser construídos com interação virtual. As aulas estão sendo ministradas, de maneira integrada, em todos os campi.
O acadêmico Felipe de Matos Pinheiro, que cursa Medicina Veterinária, em Alegrete, relata que a iniciativa de manter as aulas ajuda, também, a manter o psicológico. "Dentro do atual cenário que estamos vivendo, é um ótimo recurso poder ter aula on-line. A gente tira a tensão", confessa.
Para o vice-reitor Fábio Josende Paz, a Urcamp inovou em metodologia de ensino já no ano de 2019, com a implantação da Graduação I. "Foi inovadora ao aliar tecnologia e ensino de uma forma prática e objetiva. Nossos professores foram capacitados constantemente durante esse período para que pudessem aplicar metodologias ativas para uma aula mais dinâmica, interativa e com foco no estudante. Agora, nesse momento de crise que estamos passando, estamos focados em continuar nossas atividades com qualidade, pois sabemos que estamos preparados", avalia.
Paralelo a este cenário, o curso de Psicologia, sob a orientação da professora Silvia Vargas, criou uma página, no Facebook, orientando a comunidade acadêmica e prestando auxílio psicológico a quem necessite, em decorrência da pandemia.
A Urcamp, en nota, destaca que vai continuar operando, resguardando alunos, professores e funcionários, "porque é preciso seguir em frente".

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...