ANO: 26 | Nº: 6590
30/03/2020 Fogo cruzado

Restrições para igrejas e lotéricas seguem em vigor

A Prefeitura de Bagé manteve as restrições aplicadas às igrejas e lotéricas, pelo decreto municipal de calamidade pública. A medida foi confirmada pelo prefeito Divaldo Lara, do PTB, durante coletiva de imprensa. O petebista reforçou que vai manter as recomendações das autoridades de saúde, sem alterações até o fim da vigência das medidas adotadas dentro da estratégica de combate à disseminação do coronavírus (Covid-19).
O governo do Estado autorizou o funcionamento de templos religiosos, respeitando o limite de até 30 pessoas em missas e cultos, observando um distanciamento interpessoal de no mínimo dois metros entre os participantes, além da garantia das condições de higiene necessárias. A medida, porém, não se aplica ao município de Bagé. As prefeituras, na prática, foram autorizadas a deliberar sobre pontos específicos do decreto estadual.
Em relação às lotéricas, o Estado determinou que a abertura só poderá de acordo com a normas de cada município, desde que adotadas as providências exigidas (distanciamento de no mínimo dois metros entre os clientes, cuidados de higiene e o estabelecimento de horários). Em Bagé, entretanto, nada muda para estes estabelecimentos.  Divaldo destaca, também, que não há previsão para retomada de atividades nas escolas municipais. “O retorno às aulas está descartado enquanto não tivermos a segurança sanitária necessária”, explica.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...