MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

“Estamos observando a situação de Bagé”, afirma Renato Machado

Publicada em 01/04/2020
“Estamos observando a situação de Bagé”, afirma Renato Machado | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Situação de Bagé gera preocupação para governo de Hulha Negra

A proximidade com Bagé, município que contabiliza 15 casos de coronavírus (Covid-19), mantém o Executivo de Hulha Negra em alerta. O prefeito Renato Machado, do Progressistas, explica que o município considera todas as ações desenvolvidas pela principal cidade da Campanha gaúcha antes de deliberar qualquer decisão a respeito de mudanças no decreto que estabeleceu restrições para conter o avanço da pandemia. “Estamos observando a situação de Bagé. Hulha é a cidade mais próxima e tentamos adotar sempre as mesmas medidas”, explica.
Machado estima que 65% dos servidores municipais de Hulha Negra residem em Bagé. O deslocamento deste efetivo gera uma preocupação pontual. Existe, também, uma apreensão por conta do sistema de saúde bajeense, que é referência para a região. “Por isso acompanhamos com muita atenção todos os movimentos do prefeito Divaldo. Nosso exemplo sempre é Bagé. Estamos procurando seguir os mesmos passos (no sentido das precauções), cada um dentro dentro da sua gravidade e do seu tamanho”, reforça, ao destacar que a prefeitura também avalia a implantação de postos de controle.
Na avaliação do prefeito de Hulha Negra, o governo federal deveria ampliar o apoio aos municípios. “Não está se mobilizando como eu achava que deveria se mobilizar”, define Machado, ao salientar que, na região, o 'Estado também está deixando tudo nas mãos de Bagé'. “E isso preocupa muito. Estamos tomando todas as medidas, mas temos limites. Bagé tem uma situação diferente e o Estado precisa enxergar isso”, reforça.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online