ANO: 26 | Nº: 6590
02/04/2020 Segurança

“Aqui em Bagé, o presídio não será problema”, diz Divaldo, com chegada da Força Nacional

Foto: Divulgação

Grupo é composto por 31 profissionais
Grupo é composto por 31 profissionais

Em solenidade oficial realizada na tarde destta quinta-feira, dia 2, o prefeito Divaldo Lara recepcionou os 31 agentes penitenciários da Força Nacional dos Agentes Penitenciários, que irão trabalhar na área externa do Presídio Regional de Bagé (PRB). Segundo o delegado adjunto da 6ª Delegacia Penitenciária, Eduardo Berbigier, o Exército Brasileiro e o Departamento de Água, Arroios e Esgotos de Bagé (Daeb) foram os responsáveis pela elaboração dos alojamentos. Ao todo, são 28 homens e três mulheres que irão trabalhar, com foco na prevenção do combate pandemia do coronavírus.
Segundo Berbigier, o trabalho será realizado durante 24 horas ininterruptas, em formato de escalas entre os agentes. Embora a prioridade seja a Rainha da Fronteira, o delegado não descarta a possibilidade dos agentes atuarem outras casas prisionais da região, caso haja necessidade.
Na prática, a presença dos agentes tem finalidade primordial no caso de um surto grave da pandemia ou situações de conflito. Vale ressaltar que, até o momento, não há nenhum agente do quadro com suspeita de Covid-19, tampouco nenhum detento que esteja dentro do PRB. Ou seja, trata-se de um reforço para o efetivo local. “Prevendo qualquer situação atípica que possa acontecer, que se possa ter ação de emprego rápido, eles ficam a 20 segundos da casa prisional”, ressalta Berbigier.
Conforme o prefeito Divaldo Lara, a articulação foi possível mediante articulação do governador Eduardo Leite com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. “Faremos o isolamento desse perímetro. Aqui em Bagé, o presídio não será um problema. Dou a certeza que Bagé está segura. E as famílias que tem apenados, podem tem certeza que não haverá motim. Àqueles bandidos que fizerem bagunça ou desordem serão imediatamente transferidos. Nossos valorosos agentes vinham suportando o trabalho. Mas, devido à expansão do vírus, foi necessária essa articulação. Agradecemos à superintendência da Susepe e a delegacia regional que atenderam nosso pedido e enviaram esse reforço tão importante”, declara o chefe do Executivo.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...