ANO: 26 | Nº: 6526
02/04/2020 Fogo cruzado

PTB pode alcançar bancada de sete vereadores


O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) de Bagé pode alcançar, ainda nesta semana, uma bancada de até sete vereadores em atividade junto ao Legislativo. E isso tudo em função da vigência do período que permite que políticos em cargos eletivos troquem de legenda sem possibilidade de perda de mandato e que faz parte das regras do sistema eleitoral, visando o pleito de outubro. Isto, aliás, que vigora até sexta-feira, dia 3, tem motivado muitas alterações no parlamento local.
Sigla do prefeito Divaldo Lara, o PTB, desde 2017, é a maior bancada da Câmara. E, agora, pode saltar para sete membros. O sexto já foi definido: trata-se do ex-petista Rafael Fuca que, após deixar o PT estava, atualmente, sem partido.
A novidade, agora, consiste em uma expectativa. Depois de anunciar sua saída do PDT, esta semana, o vereador Augusto Lara deve ser outro a migrar para a bancada petebista. Ao menos esta é a tendência, tendo em vista a ligação familiar com o chefe do Executivo, do qual é sobrinho, e de sua mãe, Adriana Lara, ser a atual secretária de Educação.
Ao Jornal MINUANO, contudo, Augusto ainda não confirmou o seu destino. "Pretendo ter uma resposta até amanhã (quinta) ou sexta-feira", disse ele ao confirmar que recebeu convite do PTB. "Assim como de outros partidos", ponderou. são 6 cadeiras do PTB.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...