ANO: 26 | Nº: 6543
09/04/2020 Esportes

Presidente rebate ações de clubes da Terceirona

Foto: Luisy Ferraz/Especial JM

União Harmonia encabeçou articulação
União Harmonia encabeçou articulação

Outro tópico que foi abordado pelo presidente da FGF, Luciano Hocsman, em entrevista para a rádio Imembuí, foi o movimento articulado pelos clubes da Terceirona gaúcha. Inicialmente, a competição estava agendada para iniciar em 5 de abril, porém, em virtude da pandemia do coronavírus, foi suspensa por tempo indeterminado.
Nesta semana, os clubes participantes enviaram um documento, por intermédio da diretoria do União Harmonia, de Canoas, solicitando um auxílio mensal, por um período mínimo de três meses. Além do União Harmonia, participaram do movimento  o 12 Horas, Farroupilha, Gaúcho, Marau, Nova Prata, Novo Horizonte, PRS, Real, Riograndense-RG, Riopardense, Santa Cruz, Santo Ângelo, São Borja e Três Passos.
Em contraponto, Hocsman disse que ficou surpreso com a movimentação. “Me surpreendi com o fato dos contratos estarem todos em vigor dos profissionais, pois já faz três anos que a competição precisa ter seu início adiado por causa que os clubes não conseguem registrar os atletas a tempo. E nesta manhã (ontem), consultei o sistema e vi que vários desses clubes que reivindicam nem fizeram, ainda, seu recadastramento na federação para jogar”, rebate.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...