ANO: 26 | Nº: 6590
24/04/2020 Cidade

Bagé deve adquirir cestas básicas e alugar caminhão-pipa com recursos destinados pela União

Foto: Divulgação

Recursos foram solicitados durante reunião com representantes da Defesa Civil
Recursos foram solicitados durante reunião com representantes da Defesa Civil

O Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou a liberação de R$ 512,3 mil para a execução de ações de defesa civil em Bagé. O valor, dividido em dois projetos, servirá para a aquisição de cestas básicas e o fornecimento de água potável, por meio de aluguel de caminhão-pipa, para famílias afetadas pela estiagem. A aplicação dos recursos deve obedecer plano de trabalho, que inclui prestação de contas ao governo federal.
No início da semana, o ministério havia informado a transferência de R$ 565,3 mil em recursos para execução de ações de Defesa Civil. O valor foi revisado, passando para R$ 512,3 mil. A União homologou a situação de emergência de Bagé, por conta da estiagem, no início de abril. A vigência encerra em setembro de 2020.
Os recursos foram solicitados após reunião do coordenador regional, major Rinaldo Castro, com coordenador da Defesa Civil do município, tenente Ronaldo Rosa, e técnicos do município. O apoio emergencial, por meio do ministério, é uma ação complementar à atuação dos governos estaduais e municipais. O auxílio pode ser solicitado, sempre que necessário, inclusive em situações recorrentes, como é o caso de desastres ocasionados por seca ou chuvas intensas.
O governo federal também liberou R$ 30 mil para Pedras Altas. O recurso será investido em medidas para o fornecimento de água potável e aquisição de cestas básicas para famílias afetadas pela estiagem. O ministério homologou o decreto de emergência de Pedras Altas em fevereiro. A vigência encerra em agosto de 2020.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...