ANO: 26 | Nº: 6573
27/04/2020 Segurança

Canal do Exército ingressa em programa de parcerias do Google

Foto: Reprodução JM

Através da parceria, CCOMSEx poderá identificar o uso indevido dos vídeos institucionais
Através da parceria, CCOMSEx poderá identificar o uso indevido dos vídeos institucionais

O Exército Brasileiro ingressou no YouTube Partner Program, programa de parcerias do Google. Agora, o Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), órgão responsável pela administração do canal youtube.com/c/exercitooficial, contará com novas ferramentas de controle e gestão.

O ingresso no programa acontece no momento em que o canal do Exército aproxima-se dos 700 mil seguidores, e as análises relatam um crescente aumento de interesse pelos produtos do Sistema de Comunicação Social do Exército na maior plataforma de vídeos on-line do mundo.

A parceria com o YouTube traz diversas vantagens para o Exército Brasileiro, destacando-se o acesso às equipes de suporte, ao criador de conteúdo e à permissão para utilizar a importante ferramenta Copyright Match.

Com acesso direto às equipes de suporte, o CCOMSEx, de maneira preferencial, poderá entrar em contato com o YouTube para resolver problemas na plataforma ou solicitar apoio para desenvolver produtos com mais qualidade.

Outro grande benefício é a Copyright Match Tool, que possibilitará ao CCOMSEx identificar o uso indevido dos vídeos institucionais em outros canais do YouTube. Ao constatar esse uso, o CCOMSEx verificará se o vídeo está sendo usado fora do contexto, para promover a desinformação, ou se foi publicado integralmente, para monetizar um canal. Se a análise concluir que o uso é impróprio, o CCOMSEx poderá entrar em contato com o responsável, para uma remoção amigável ou, até mesmo, solicitar a exclusão do conteúdo, o que ocorrerá em até sete dias.

Como instituição de Estado, o Exército Brasileiro não ganha dividendos do YouTube, a chamada monetização. O acesso ao Programa de Parceria será estritamente para produzir vídeos com uma maior capacidade de informar e de dar conhecimento das atividades do Exército à sociedade brasileira.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...