ANO: 26 | Nº: 6527
30/04/2020 Região

Escolas de Candiota retomam aulas com atividades domiciliares em maio

Foto: Léo Nunes/especial

Planejamento foi aprovado de forma unânime, na sexta-feira
Planejamento foi aprovado de forma unânime, na sexta-feira

Em reunião com gestores, supervisores e representantes das escolas, a Secretaria de Educação de Candiota apresentou um plano de ação para a retomada das atividades acadêmicas, através do desenvolvimento de projetos integradores. O planejamento foi aprovado de forma unânime pelas direções, deliberando pela retomada das aulas com atividades domiciliares aos alunos dos anos iniciais, anos finais e EJA, a partir do dia 4 de maio.
Conforme explica o atual Coordenador de Educação, Valmir Cougo, todas as escolas retornarão suas atividades com trabalho interno, através de escala dos servidores e com realização de planejamento de aula que será encaminhada aos alunos. Na zona rural, o transporte escolar irá semanalmente levar as atividades até a residência dos alunos, 'da mesma forma, quando leva, ele já traz as atividades que foram desenvolvidas'. Já na zona urbana, as atividades serão entregues aos alunos na própria escola, através de dia e hora marcada, evitando assim aglomeração. "E também, semanalmente ao retirar suas atividades, já se devolve as que foram desenvolvidas", explica.
De acordo com o coordenador Pedagógico do município, José Ricardo Portella, essa foi a melhor alternativa encontrada em conjunto com as diretorias. "Pois nem todos possuem acesso à rede de internet, que é o método que vem sendo usada por outros Municípios, em especial, pela rede estadual, convém destacar, que atividades on-line em nossa realidade seriam inviáveis, devido à grande desigualdade de acesso", afirma.
Quanto à Educação Infantil, de acordo com a professora Fernanda Vestfahl, não há a possibilidade de se enviar atividades à distância, devido à idade das crianças, então será encaminhado um documento aos pais, com orientações de rotinas e atividades que poderão realizar em casa com seus filhos neste momento de isolamento social. "Isso também contribui para manter uma convivência familiar saudável, além disso, as escolas de Educação Infantil irão publicar semanalmente, através da página do Facebook, orientações de brincadeiras, leituras, vídeos educativos, com sugestões que poderão ser exploradas pelos pais, para ajudarem no desenvolvimento das crianças”, relata.
O coordenador municipal de Educação explica, também, que todo o período de paralisação será recuperado paralelamente quando retornarem as aulas presenciais, de acordo com a legislação vigente. As aulas foram suspensas por decreto, em um esforço para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). Desde a deliberação, a prefeitura aguardava orientações do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Educação para a retomada das aulas. No dia 17 de abril, o Conselho abriu uma proposta de parecer sobre a reorganização dos calendários escolares, com consulta pública até o dia 23 de abril, mas já indicando várias possibilidades de atividades pedagógicas não presenciais e reafirmou que os Sistemas de Ensino são responsáveis pela gestão de calendário.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...