ANO: 26 | Nº: 6590
12/05/2020 Segurança

Maio amarelo começa com uma morte no trânsito em Bagé

Uma tragédia vitimou uma adolescente de 14 anos, na madrugada do domingo, em Bagé. A jovem estava na carona de um veículo Celta, que capotou na rua Conde de Porto Alegre, em frente à Catedral de São Sebastião.

Conforme o registro de ocorrência da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o condutor do veículo Celta, de 26 anos, estava trafegando na avenida Tupy Silveira, pela contramão, quando a Brigada Militar tentou a abordagem. Ainda, segundo os policiais militares, o motorista não parou o carro e seguiu em alta velocidade pela Avenida Sete de Setembro.

Os policiais militares tentaram abordar o homem novamente, na Praça Silveira Martins, mas ele teria seguido correndo, perigosamente, quando capotou na rua Conde de Porto Alegre, por volta das 2h20. Com a capotagem, a adolescente morreu na hora. O condutor fez teste do etilômetro, que constatou 0.44 milímetros de álcool por litro de ar na prova, e 0.50 na contraprova.

O condutor foi preso em flagrante, acusado de homicídio culposo, embriaguez no volante e direção perigosa. O acusado teria relatado que a vítima estava sem cinto de segurança.


Em busca de conscientização

O mês de maio tem como seu maior empenho a conscientização para a condução de veículos automotores. O secretário Municipal de Segurança e Mobilidade (SSM), José Carlos Nobre, ressalta com tristeza que tenha ocorrido este fato no início do mês. “Estamos trabalhando no Maio Amarelo e lamentamos que tenha ocorrido essa tragédia. O trânsito, infelizmente, ceifa a vida de mais de 300 mil pessoas no Brasil por ano. Estamos em pleno mês que tentamos passar a educação para o trânsito e, infelizmente, tivemos esse caso”, complementou.

Nobre ressalta que o trabalho é focado na conscientização, pois a maioria dos acidentes, principalmente os fatais são causados por fatores humanos como uso de substâncias tóxicas, alcoolemia, imprudência e excesso de velocidade. “O trabalho é totalmente voltado na educação, o Maio Amarelo traz para a comunidade renovar a ideia do “Se beber não dirija”, pode pegar aplicativo, outro transporte, não utilizar o veículo como uma arma de potencial destrutivo. Essa é a questão que batemos mais. Direção defensiva, prudência, não corra”, acrescentou.

O secretário ainda completa dizendo que o Maio Amarelo será de forma diferente este ano, com informações on-line nas redes sociais da SSM. “Também estaremos realizando, no decorrer deste mês, uma 'Balada Informativa', onde será realizada junto à população a entrega de material informativo sobre educação, consciência e direção defensiva no trânsito”, concluiu.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...