ANO: 26 | Nº: 6524

Egon Kopereck

egonkopereck@gmail.com
Pastor da Congregação Evangélica Luterana da Paz
16/05/2020 Egon Kopereck (Opinião)

Quem abandonou quem?


Prezados leitores!
Vivemos um momento inédito, pelo menos em nossa geração, na história da humanidade. Uma pandemia que assola o mundo inteiro. Em cada continente os países se mobilizam, buscando alternativas, precauções e caminhos que possam ajudar no combate ao Covid 19. E quando isso acontece, muitos questionam o governo, outros preferem colocar a culpa em algum país, e outros ainda, chegam ao absurdo de culpar a Deus.
Recentemente, um editor de jornal perguntou: "Será que Deus abandonou o mundo?" Periódicos, jornais, TVs e outros meios de comunicação gritam contra o crescimento alarmante do uso e tráfico de drogas, da violência, do feminicídio, e, nesses últimos tempos o Coronavírus. Parece que o mundo fugiu do controle. E muitos, aproveitam a situação, para descarregar sua fúria e desprezo a Deus. Numa grande cidade dos Estados Unidos, um maluco, um dia desses, invadiu uma escola e matou várias pessoas. Diante do ocorrido, alguém escreveu: "Onde estava Deus nessa hora?" E a resposta que recebeu foi: "Deus, com certeza, ficou muito triste com o que aconteceu. Mas vejam: Primeiro expulsaram Deus da Escola, mandando tirar a cruz, a Bíblia, o Ensino Religioso, depois, quando acontece o que aconteceu, querem culpar a Ele? Isso não é uma incoerência?"
Também, em meio aos problemas da atualidade, é bom lembrar: Deus criou um universo lindo, aprazível, maravilhoso e ordeiro, onde havia tudo que as pessoas precisavam. A cobiça humana, sempre querendo algo que não temos, trouxe o mal para dentro desse mundo perfeito. È espantoso que Deus não tenha virado as costas, decidido a não querer mais nada com os seres humanos, que abandonaram a sua perfeição original.
Ao contrário, Deus está mais perto de nós do que nós estamos de nós mesmos. Ele nos ama tanto quanto sempre amou. Não foi Deus que abandonou o mundo. O mundo é que tenta viver sem Deus.
Deus não é culpado pelas terríveis condições atuais do nosso mundo. Deus, na verdade, deseja ardentemente o bem das pessoas. Na verdade, Deus já providenciou a salvação do ser humano, através de Jesus, seu filho amado. O que importa é pedir perdão a Deus por estarmos nos afastando dele, por machucarmos o nosso semelhante, por não termos maior cuidado com o planeta e com as pessoas que nele vivem. Valera a pena insistir que ele nos ajude a viver do modo que lhe agrada, no poder e na consolação da fé em Cristo, que ele mesmo cria e mantém.
Amigos leitores! As pessoas veem e podem ver a Deus todos os dias, infelizmente não o reconhecem.
Violência, orgulho, egoísmo, doenças, problemas, tudo de ruim que acontece em nosso mundo, é consequência do pecado, fruto da desobediência de Adão e Eva lá no Jardim do Éden, como nos relata a Bíblia, nos primeiros capítulos de Gênesis.
Não tiremos, jamais, Deus da nossa vida. Ele é Senhor sobre tudo e sobre todos. Ele nos criou. Nele vivemos, nos movemos e existimos. Sem ele é viver nas trevas, sem paz, sem esperança e sem salvação.
Tenhamos todos, um bom final de semana, na presença de Deus e com ele no comando de tudo.

Pastor da Congregação Ev. Luterana da Paz

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...