ANO: 26 | Nº: 6524
22/05/2020 Segurança

Investigação aponta que autor de homicídio na Sete de Setembro agiu para quitar dívida com droga

Foto: Reprodução JM

Crime ocorreu na madrugada de segunda-feira
Crime ocorreu na madrugada de segunda-feira

A titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, Carolina Funchal Terres, repassou a imprensa, na manhã desta sexta-feira, os resultados da investigação que culminou na prisão preventiva do acusado pelo homicídio de Jonathan da Rosa Gomes, 23 anos. O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira, 18, na avenida Sete de Setembro, em frente a Praça de Esportes.
Conforme a delegada, o autor confessou o crime, que teria sido cometido à mando de uma terceira pessoa, que ainda não foi identificada pela investigação. Caroline aponta, ainda, que o acusado pelo homicídio tinha dívidas de drogas com o mandante do assassinato. Para quitar esse valor, aceitou matar Jonathan.
No depoimento, que foi concedido aos agentes da 2ª DP, na tarde de quinta-feira, 21, o autor do crime não revelou o nome do terceiro, que determinou o homicídio. E quanto à vítima, segundo relato da delegada, as investigações apontam que teria, também, antecedentes relacionados ao tráfico. Mais detalhes sobre a investigação, na edição impressa do Jornal Minuano, no final de semana.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...