ANO: 26 | Nº: 6588
01/06/2020 Segurança

Morre, em Bagé, o mestre Nonoca

Foto: Divulgação

Mestre era conhecido pela comunidade
Mestre era conhecido pela comunidade
José Silva Farias, 70 anos, conhecido como Mestre Nonoca, morreu na tarde desta segunda-feira, dia 1º. Ele era muito conhecido da comunidade de Bagé, torcedor ilustre do Jalde-negro, inclusive um dos compositores do hino do Grêmio Esportivo Bagé. Nonoca era radialista e carnavalesco.
Conforme amigos do mestre, ele era um artista. Comandou bateria do Bloco da Zebra, antigo nome da Escola de Samba Estrela Dalva, que ele comandou a bateria. Também trabalhou nas agremiações carnavalescas Aliança, Stangucha, Águia da BX e Aí vem o Barão. Mestre Nonoca sempre estava presente nos jogos, integrando equipes de rádio.
Farias será sepultado às 9h de terça-feira (2). O velório, para familiares, é realizado até as 21h desta segunda e retornará, amanhã, às 6h. Ele era casado com Maria Berenice Farias e deixa os filhos Allison, Sandro, Irajá, Adriana, Eliane, Janaína, Vanessa, Paulo, Fabiano e Luciana.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...