ANO: 26 | Nº: 6573
04/06/2020 Cidade

Cerca de 70% dos beneficiados ainda tem valor a retirar do auxílio emergencial em Bagé

Foto: Mariana Muza/Especial JM

NO primeiro pagamento, foram mais de 20 mil pessoas beneficiadas na cidade
NO primeiro pagamento, foram mais de 20 mil pessoas beneficiadas na cidade

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que o número de pessoas com o pedido do auxílio emergencial em análise é de 11 milhões. Deste montante, 5,7 milhões de cadastros estão em primeira análise e outros 5,3 milhões em segunda ou terceira análise, quando o cadastro foi considerado inconsistente e a Caixa permitiu a contestação da resposta ou a correção de informações.
O banco recebeu 106,6 milhões de solicitações de cadastro no aplicativo e no site, das quais 101,2 milhões foram processadas até agora. Do total de cadastros processados, 59 milhões foram considerados elegíveis e 42,2 milhões inelegíveis. O cadastro no programa pode ser feito no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site auxilio.caixa.gov.br.
A CEF encerrou o pagamento, na última semana, da segunda parcela aos beneficiários. A soma das duas parcelas aponta um total de R$ 76,6 bilhões, pagas a 58,6 milhões de pessoas desde que o programa foi criado, em abril, para ajudar as pessoas a enfrentar os impactos da crise causada pela pandemia de covid-19.
Em Bagé, de acordo com informações repassadas pela gerência da Caixa, ainda não é possível apontar o número total de pessoas que receberam o auxílio nas duas etapas. Mas somente no primeiro pagamento, foram mais de 20 mil pessoas beneficiadas na cidade. Contudo, é possível estimar que cerca de 70% dos beneficiados na Rainha da Fronteira ainda têm valores para saque.
Em municípios do entorno, como Candiota, Aceguá e Hulha Negra, que não contam com agência da Caixa Econômica Federal, a retirada pode ser feita nas lotéricas, com apresentação do código gerado através do aplicativo.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...