ANO: 26 | Nº: 6590
04/06/2020 Fogo cruzado

Mário Mena Kalil e Heitor Gularte deixam, hoje, o governo municipal

Foto: Reprodução JM

Com desincompatibilização, Kalil e Gularte ficam aptos a concorrer no pleito de 2020
Com desincompatibilização, Kalil e Gularte ficam aptos a concorrer no pleito de 2020

Dois integrantes do primeiro escalão do governo bajeense devem entregar seus cargos na administração petebista, oficialmente, em ato agendado para hoje, às 11h, no salão nobre da Prefeitura. As saídas do secretário de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, e do Procurador-Geral do Município, José Heitor Gularte, que integravam a gestão municipal desde 2017, cumprem prazos estabelecidos pela legislação eleitoral, para formalização de candidaturas majoritárias.
Kalil fez uma espécie de prestação de contas de gestão, na manhã de ontem, durante ato de entrega de quatro veículos e de uma ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O médico, que agora deve se dedicar integralmente ao Centro Integrado de Oncologia e Mama (Ciom), deixou o DEM, em abril, assinando ficha no PTB no mesmo mês. “Fazer gestão é complicado. De município, mais ainda. Eu e o doutor Heitor passamos a ocupar, agora, uma reserva técnica”, pontuou, ao recordar ações à frente da pasta.
Deise Quadros, que atuava como chefe de gabinete da Secretaria, deve assumir a pasta, hoje mesmo. O nome foi confirmado por Kalil, durante discurso, em que salientou as qualidades da nova secretária. O petebista também destacou que a nomeação representa a continuidade do trabalho. “Vou estar ao teu lado. Não vou abandonar a população e não vou sair da linha de frente do combate à Covid”, salientou.
Gularte já havia confirmado a saída do cargo, salientando que a medida atende a um pedido do PTB. O procurador, que assumiu a presidência do diretório municipal recentemente, não fala diretamente em eleições ou candidaturas, mas salienta que os dois quadros petebistas ficam, a partir de agora, à disposição do partido. Em entrevista à rádio Difusora, na manhã de ontem, o procurador fez uma espécie de balanço dos três anos de atuação no cargo.
O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, recordou realizações de Kalil, observando que o médico, à frente da pasta, atuou na construção do convênio da prefeitura com o Hospital Universitário (HU) Doutor Mário Araújo, mantido pela Fundação Attila Taborda (Fat/Urcamp). “O hospital foi reaberto e é modelo de cofinanciamento para o Rio Grande do Sul. Talvez nem tu saibas dimensionar o tamanho das obras que realizou nesta cidade”, disse, ao enumerar realizações.


Desincompatibilização
A legislação eleitoral estabelece três prazos para desincompatibilização (conceito de Direito Eleitoral que consiste no ato pelo qual o candidato é obrigado a se afastar de certas funções, cargos ou empregos, na administração pública, direta ou indireta, para poder estar apto a disputar as eleições), que variam de seis a três meses antes da realização das eleições, conforme o grau de potencial influência que candidatos ocupantes de tais cargos possam exercer perante o eleitorado.
A lei determina que secretários de Estado e secretários municipais que se candidatarem ao cargo de prefeito e vice-prefeito, especificamente, devem se desincompatibilizar com quatro meses de antecedência. Como as eleições de 2020 estão agendadas, oficialmente, para o dia 4 de outubro, a data final para esta desincompatibilização encerra hoje. As eleições podem ser transferidas para novembro, porém não existe previsão de alteração dos prazos já encerrados.
Com o prazo para mudança de partidos encerrado, Gularte e Kalil só podem disputar a prefeitura pelo PTB, como prefeito ou vice. Divaldo, eleito pela legenda, em 2016, tem, naturalmente, a preferência por uma candidatura à reeleição. Ocorre que o chefe do Executivo bajeense aguarda decisão de recurso, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contra posição do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), em Ação de Investigação Judicial Eleitoral, que declarou sua inelegibilidade.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...