ANO: 26 | Nº: 6590
13/06/2020 Segurança

Corpo de Bombeiros descarta interdição de prédio atingido por caminhonete

Foto: Reprodução JM

Motorista se comprometeu a arcar com danos causados
Motorista se comprometeu a arcar com danos causados

Momentos após um prédio localizado na esquina das ruas Caetano Gonçalves e Bento Gonçalves ter sido invadido por uma caminhonete, na noite de sexta-feira (12), o corpo de Bombeiros iniciou o procedimento de isolamento. E conforme repassado pela major Sulenir Abreu da Rosa, não há riscos de interdição do local.
Havia uma preocupação pelo fato de que, acima da farmácia que foi atingida, há uma família que reside no prédio. No entanto, na manhã deste sábado (13), arquitetos e engenheiros fizeram uma vistoria ao local e descartaram o risco de desabamento.
A justificativa divulgada é de que o pilar atingido não integra, internamente, o prédio. A estrutura era anexada a uma viga. Por conta disso, não afetou, diretamente, o apartamento que fica acima. Mesmo assim, houve o isolamento para que o morador não utilizasse a dependência atingida até a emissão do laudo estrutural de engenharia.
Quanto aos custos, Sulenir afirma que o motorista se comprometeu a reparar os danos causados. “Se tivesse total risco, teríamos interditado, mesmo sem a presença de arquitetos e engenheiros no local, pois o corpo de Bombeiros tem esse poder”, argumenta.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...