ANO: 26 | Nº: 6590
23/06/2020 Segurança

Inquérito de morte de menina em Santana da Boa Vista é remetido ao Judiciário

Foto: Blog Evaldo Gomes/Especial JM

Homem foi indiciado por feminicídio, estupro de vulnerável e ocultação de cadáver
Homem foi indiciado por feminicídio, estupro de vulnerável e ocultação de cadáver

O inquérito policial que apura a morte e estupro de vulnerável de uma menina bajeense de 12 anos, ocorrido no dia 10 de junho, em Santana da Boa Vista, foi remetido à Justiça, na segunda-feira, pela titular da Delegacia de Polícia Civil do município, delegada Débora Dias.
Segundo a delegada, o investigado, agora indiciado, foi ouvido na Delegacia de Polícia Civil de Santa Maria, no dia 18, quando assumiu a autoria do homicídio, mas negou a violência sexual. Ele afirmou que mentiu para a vítima, dizendo que sua mãe estava em casa (a costureira que a vítima procurava) e a mandou entrar, logo pediu que ela subisse uma escada que vai para o segundo piso da casa para encontrar a mulher, quando ele foi atrás e de surpresa a atacou.
O acusado, um homem de 29 anos, foi indiciado por feminicídio e mais duas qualificadoras, asfixia e por recurso que impossibilitou a defesa da vítima, ainda por estupro de vulnerável e ocultação de cadáver. Em análise rápida do aparelho de celular do investigado, que foi apreendido no momento do flagrante, foi verificado que há indícios de crimes sexuais contra criança e adolescente. Foi instaurado outro inquérito para a devida apuração e esclarecimento total dos fatos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...