ANO: 26 | Nº: 6573
27/06/2020 Região

Ovelha da raça Texel dá à luz a quadrigêmeos em cabanha de Candiota

Foto: Divulgação

Cordeirinhos nasceram há pouco mais de uma semana
Cordeirinhos nasceram há pouco mais de uma semana

"Uma surpresa!". Assim relatou um dos proprietários da Cabanha Fortaleza do Seival, Cássio Miolo, após ajudar uma ovelha da raça Texel a dar à luz a quadrigêmeos - dois machos e duas fêmeas - há pouco mais de uma semana. O caso é considerado raro entre especialistas do setor e ovinocultores. Além de ovinos, a cabanha produz bovinos das raças Braford e Hereford, possui vinhedo e lavoura de soja.

Conforme Miolo, os pequenos ovinos nasceram todos com o mesmo tamanho e estão sendo alimentados com mamadeira, três vezes ao dia. Ele comenta que o nascimento foi uma surpresa para outros produtores no país. “Coloquei a foto em grupos de produtores que ficaram surpresos, visto que, no máximo que já havia auxiliado, foi em um parto de trigêmeos dessa raça”, relatou.

O produtor conta que foi necessário auxiliar no parto porque a ovelha "não dava conta de tanto sozinha". A ovelha é uma reprodutora da cabanha e foi inseminada. Segundo Miolo, os partos deste tipo são mais comuns em outras raças, como a Ilê de France. “É o primeiro caso dessa raça na região”, diz ele. A raça Texel é originária da Holanda e é a menor das raças de corte. Sua característica é de um ovino de tamanho médio.

Caso em 2018
Em Bagé, já houve também o registro de nascimento de quadrigêmeos ovinos. O Jornal Minuano retratou, há cerca de dois anos, um caso ocorrido com exemplares da raça Santa Inês, da Cabanha Olhos Negros, de Silton Leão e Júnior Neto Farias, situada na estrada do Quebrachinho, há poucos quilômetros do centro de Bagé. Já na época, o fato foi tratado como raro.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...