ANO: 26 | Nº: 6542
30/06/2020 Cidade

Prefeitura e Associação tratam sobre cedência da área do CIC da Floriano

Foto: Paulo Batista/EspecialJM

Processo consiste na doação da área em troca de dívidas do Estado com município
Processo consiste na doação da área em troca de dívidas do Estado com município
O prefeito Divaldo Lara recebeu, na manhã de ontem, dia 29, a presidente da associação que representa os usuários do Centro Integrado Compras (CIC), Ana Paula Pereira, acompanhada das também associadas Vanusa Barbosa e Cleusa Isabel Pintos. O objetivo do encontro, que contou também com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, foi avançar na articulação da permuta da área do CIC da Marechal Floriano.
Divaldo relembrou o processo, no qual foi solicitada a doação da área por troca de dívidas do Estado com o município. "Pretende-se entregar o imóvel à Associação, com legislação aprovada neste sentido. O valor do aluguel será investido no próprio imóvel. É um ótimo negócio tanto para o município quanto para os associados, pois receberemos uma dívida que não havia expectativa de pagamento e os usuários pagarão por algo que passa a ser deles. É uma garantia de que, independente do governo que estiver, os comerciantes estarão na área trabalhando com segurança", explicou o chefe do Executivo.
Ana comentou sobre o processo. "Queremos um voto de confiança. Temos condições de assumir esse compromisso com o município até para dar este presente a cidade, de arrumar um local que todos vão se beneficiar", disse. Divaldo prontamente respondeu: "e eu darei este voto de confiança. Tenho certeza que no futuro vou passar pelo local e ver que valeu a pena". O secretário da SDI salientou que a preocupação da administração é fazer tudo de forma legal. "Vamos dar solução definitiva a um problema que dura mais de vinte anos", comentou.
Divaldo se comprometeu a fazer um documento especificando as intenções, que será entregue às representantes para formalizar as decisões relacionadas aos comerciantes. Além disso, em breve será agendada uma visita do prefeito, ao local, para sanar dúvidas e explicar os detalhes da transação. "É a segurança que esperávamos para nosso trabalho, além do alívio por não pagar um aluguel sem retorno. Temos o sonho de fazer uma nova estrutura", disse Ana.

Entenda a negociação

Antes mesmo da assinatura do governador Eduardo Leite, permitindo a doação em pagamento de bens imóveis do Estado para a quitação de débitos com os municípios na área da Saúde, em fevereiro deste ano, a Prefeitura de Bagé já articulava a permuta da área do CIC.
O Executivo solicitou que, para cobrir dívidas do passado do Estado com o município, uma das áreas a serem entregues seja a do CIC. A intenção é livrar os pequenos microempresários que lá pagam aluguel, para que os mesmos possam utilizar este recurso, após a área ser do município, em benfeitorias do próprio espaço.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...