ANO: 26 | Nº: 6589
07/07/2020 Segurança

Polícia e Brigada vão reforçar fiscalização de combate ao coronavírus

Foto: Reprodução JM

Reunião ocorreu por volta das 13h desta segunda-feira
Reunião ocorreu por volta das 13h desta segunda-feira

“Quem fizer festas clandestinas, estiver circulando na rua após às 22h, comércio aberto após este horário, aglomerações, serão levados à Delegacia, poderão ser presos, recolhimento do veículo e as empresas que descumprirem poderão ter o alvará cassado”, declarou em discurso ao vivo, nas redes sociais, ontem, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara.

No final de semana, uma situação inesperada motivou a adoção de medidas mais severas. Equipes da fiscalização Vigilância em Saúde, Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade e Brigada Militar foram desrespeitados e até ovos foram arremessados contra eles, na avenida Sete de Setembro. “Atitudes como essas serão reprimidas, faremos ações de punição, estas atitudes não serão admitidas”, completou o prefeito.

Divaldo Lara ainda pontuou que uma festa ocorrida neste final de semana passado, de um idoso de 70 anos, acabou por aumentar o número de pacientes positivados com a Covid-19. “Tivemos 14 novos casos, sendo que o aniversariante e mais nove pessoas pegaram o vírus. Vieram de fora, para participar de uma festa, que não poderia estar acontecendo”, explicou.

O prefeito ainda destacou que o comércio está fazendo a sua parte, mas há alguns cidadãos que desrespeitam as normas. “A conduta que tomaremos agora é outra. Estávamos apenas realizando orientações, educação preventiva, mas não estão fazendo a sua parte. Festas clandestinas foram denunciadas, aglomerações. Peço à comunidade que ajude a fiscalizar e denuncie, e fiquem em casa. Nos próximos 10 dias, mudaremos a postura. Primeiro, estávamos orientando, agora serão punidos”, completou Divaldo.

“Tomaremos atitudes mais incisivas", diz comandante

O comandante do 6º Regimento de Polícia Montada (6º RPMon) da Brigada Militar, major Kleiton Renan Rodrigues Sedrez, participou da reunião e informou que os policiais militares já estavam atuando junto às fiscalizações e vão fazer o papel de fiscalizar. “Tomaremos atitudes mais incisivas neste momento. A mudança acontece se tivermos uma atitude, medidas aplicadas a todos que infringirem a lei”, frisou.

O comissário Ângelo Natal Dezordi Filho, da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, representando o delegado Luis Eduardo Benites, ressaltou que o trabalho será investigar e localizar os autores da situação que ocorreu no final de semana passado. “Iremos instaurar um procedimento policial para elucidar quem são os autores, que atiraram ovos nas equipes de fiscalização, e tomarmos as providências”, explicou o policial civil.
O secretário Municipal de Segurança e Mobilidade (SSM), José Carlos Nobre, relatou que o prefeito determinou que seja realizada “baladas seguras” de fiscalização de trânsito, nos finais de semana, a partir de quinta-feira até domingo. “A partir desta quinta-feira, vamos retomar as baladas seguras, com utilização de etilômetro (bafômetro). Vivemos uma situação difícil, precisamos retomar as ações anteriores, medidas mais rígidas, pelo bem comum, para evitar essa proliferação. Infelizmente, temos essa minoria que não pode por em risco a população bajeense”, argumentou.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...