ANO: 26 | Nº: 6590
08/07/2020 Segurança

Prefeitura solicita investigação sobre agressões e ameaça a servidores que atuam em fiscalizações

No final de semana, equipes da Vigilância Sanitária sofreram agressões e ofensas durante fiscalizações realizadas para garantir o decreto municipal que veda aglomerações e consumo de bebida alcoólica.
O coordenador da Vigilância Sanitária, Geraldo Gomes, informa que registrou ocorrência na Polícia Civil a respeito de uma ligação anônima intimidando o trabalho de conscientização. “Além dos ovos com os quais fomos recebidos em um ponto do centro da cidade, quando estávamos realizando o trabalho de orientação para o uso de máscara, contenção de aglomeração e proibição do consumo de bebidas alcoólicas”, lembrou.
A partir do Boletim de Ocorrência registrado junto à Polícia Civil, devem começar as investigações sobre a autoria das agressões. “Nossos servidores estão colocando suas vidas em risco para salvar pessoas, fazendo cumprir as normas necessárias para segurança da população. Em respeito a eles e ao trabalho duro que desempenham todos os dias, solicitamos esta investigação, pois precisamos garantir a segurança destes incansáveis trabalhadores. Não podemos tolerar este tipo de atitude” , pontuou o prefeito Divaldo Lara.
Polícia
Em contato com a reportagem, o delegado regional de Polícia Civil, Luis Eduardo Benites, adiantou que a investigação vai averiguar os autores. "Acredito que será feito um termo circunstanciado desse fato, sendo apurado pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA)", frisou.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...