ANO: 26 | Nº: 6590
11/07/2020 Segurança

Unidades militares da região vão receber 40 blindados Guarani

Foto: Divulgação

Viaturas têm novas funcionalidades e maior potencial de combate
Viaturas têm novas funcionalidades e maior potencial de combate

Os quartéis da região devem receber, até o final do ano, 40 unidades dos novos blindados Guarani, que vão substituir as viaturas Urutu. De acordo com o comandante da Comunicação Social da 3° Brigada de Cavalaria Mecanizada, coronel Jomane Cordeiro, nove já foram entregues.
As Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) Guarani servem desde o transporte de pessoal em ações ofensivas, com torre Remax, com canhão de 30 milímetros, remotamente controlada, a diversas configurações de apoio ao combate, explica o Coronel. “Essa ação remota é, na verdade, o atirador que fica escotilhado, sem estar exposto, e por meio de telas ele engaja os alvos”, detalha.
As unidades serão destinadas ao 3º Regimento de Cavalaria Mecanizada, 3º Batalhão Logístico e Esquadrão de Comando (Quartel General), de Bagé, 12ª Regimento de Cavalaria Mecanizada de Jaguarão, 7º Regimento de Cavalaria Mecanizada de Santana do Livramento, Companhia de Engenharia de Dom Pedrito e Companhia de Comunicações de São Gabriel.
Os blindados, segundo o comandante, aumentam o poder de combate do Exército. “A viatura apresenta novas capacidades, com sistema de tiro e pontaria estabilizados. Significa dizer que ela pode atirar em movimento e em alvos em movimento, com grande precisão. As unidades sofrerão adequações e os militares já se encontram em fase de capacitação”, completa.
O coronel Jomane destaca que as unidades militares da região também sofrerão reformas de garagem para receber as viaturas. As oficinas do 3º Batalhão Logístico serão adequadas. “Cabe ressaltar que o blindado possui capacidade anfíbia (pode atravessar rios)”, acrescenta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...