ANO: 26 | Nº: 6573
21/07/2020 Segurança

Idosa morre após sofrer agressões

Uma mulher de 72 anos morreu, na segunda-feira (20), em Bagé, após ter sofrido agressões, no final da tarde de domingo (19), quando estava em seu apartamento, na avenida Sete de Setembro.
Conforme o registro de ocorrência da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o porteiro do prédio chamou a Brigada Militar após ouvir gritos. Ele informou, ainda, que objetos estavam sendo jogados pela janela do apartamento. Quando os policiais militares chegaram, a vítima gritava por socorro e a filha, acusada de agredi-la, dizia que não iria abrir a porta. 
Os policiais reforçaram o pedido para ela abrisse a porta que, diante da negativa, acabou sendo arrombada. A acusada foi contida e ambas encaminhadas para o Pronto-Socorro.
A vítima ficou internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e não resistiu aos ferimentos, vindo a morrer no final da tarde do dia 20.
A delegada Daniela Barbosa de Borba, titular da Primeira Delegacia de Polícia Civil, está à frente das investigações e relatou que o caso é tratado como homicídio. No Código Penal, esse crime é qualificado como "matricídio".
De acordo com o médico plantonista do Posto Médico Legal de Bagé, a causa da morte foi um traumatismo craniano. Consta, ainda, qua a vítima possuía fraturas e hematomas pelo corpo.  A filha acusada está presa sob custódia.


Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...