ANO: 26 | Nº: 6590
31/07/2020 Fogo cruzado

Em Bagé, presidente defende uso da cloroquina

Foto: Yuri Cougo Dias

Bolsonaro mostrou caixa de medicamento a apoiadores logo após pousar no aeroporto da cidade
Bolsonaro mostrou caixa de medicamento a apoiadores logo após pousar no aeroporto da cidade
Durante manifestação rápida à imprensa, em Bagé, na sexta-feira, 31 de julho, o presidente da República, Jair Bolsonaro, tornou a falar sobre o uso da cloroquina para tratamento do novo coronavírus (Covid-19). A agenda na cidade, aliás, foi a segunda fora de Brasília, após 20 dias de isolamento, iniciado quando o presidente testou positivo para a doença. Inclusive, ao pousar no aeroporto, nesta manhã, o presidente exibiu, ao público que estava presente, uma caixa do remédio.
Bolsonaro disse que tomou cloroquina por receita médica. “Não é que eu apostei. Eu estudei a questão. Vi como está sendo feito no mundo, especialmente nos países da África. E quando você não tem alternativa, não proíba, tá certo, um médico, que por ventura, queira usar aquele medicamento”, reforçou.
O presidente tem defendido o uso do medicamento para tratamento da Covid-19, mas a cloroquina não tem eficácia cientificamente comprovada contra o vírus. “Ainda não temos alternativa. Pessoal fala que não tem comprovação científica. Não tem ninguém cientificamente dizendo que não faz efeito.  É o que tem. Então vamos usar”, disse.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...