ANO: 26 | Nº: 6555

Egon Kopereck

egonkopereck@gmail.com
Pastor da Congregação Evangélica Luterana da Paz
01/08/2020 Egon Kopereck (Opinião)

Precisamos de boas notícias


Amigos leitores!
Vivemos dias de incertezas quanto ao futuro. Nesse sentido, o colega pastor Bruno Serves, de Candelária, RS, escreve o seguinte:
"Quanto à saúde, procuramos nos prevenir com o isolamento e distanciamento social, com o uso de máscaras, boa alimentação, banhos de sol para acumularmos vitamina D e muito álcool em gel, água e sabão.
Quanto à economia já vemos demissões, crises e campanhas para cuidar dos que mais vão sofrer neste caos social.
E quanto ao nosso Brasil do oito ou oitenta, quase tudo é levado para o ringue político, onde golpes de direita e de esquerda são desferidos, nocauteando qualquer um que se atreva a passar por perto.
Precisamos de boas notícias. E elas existem. Sim, mesmo cercados por uma nuvem de apreensões e incertezas, as boas notícias precisam ser colocadas em um poderosos holofote e, assim, acalentar o nosso coração.
Além dos inúmeros casos de pessoas curadas e das que nem sequer desenvolveram sintomas, existem vários experimentos que estão colocando a Covid-19 contra a parede. Aqui no Brasil, enquanto acompanhamos os tratamentos com hidroxicloroquina, observamos com alegria a descoberta de um medicamento já existente no mercado e que tem uma eficácia de 94% contra o novo vírus. Ao redor do mundo existem várias vacinas sendo testadas ... na Alemanha, ... na Austrália, ... Boas notícias, não ´mesmo?
Porém há uma boa notícia que me chama a atenção, de forma especial. Aqui no Brasil está em fase de teste a utilização do plasma sanguíneo no tratamento contra a covid-19. O sangue de um paciente curado é utilizado em um paciente infectado, dando a ele a imunidade que seu organismo não consegue produzir. Este processo chama-se de transferência passiva de imunidade. Sensacional!
Sabe, observando esse tratamento com plasma sanguíneo, logo me veio à mente outra maravilhosa notícia. É sobre alguém que oferece cura, perdão, restauração e vida sem fim através do seu sangue. No sangue dele há imunidade diante da culpa, castigo e inferno. Ele transfere tudo o que conquistou para aquele que nele crê. Você sane de quem estou falando, não é mesmo?
Jesus. É ele quem nos dá seu precioso sangue e, assim, nos transfere a salvação conquistada por ele mesmo, através da sua morte e ressurreição. Em nós habita o pecado, este é o nosso DNA."
O vírus do pecado está em nós. Todos fomos infectados. Diz a Bíblia em Eclesiastes 7.20: "Não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque." O vírus está em nós. Por mais que os homens queiram achar cura por seus esforços, obras, meios, tudo em vão. A solução é só uma. Não existe outro meio, nem aperfeiçoamento por seus esforços. A única solução é o sangue de Cristo, vertido por nós na cruz. Quem o aceita e nele crê, está vacinado. Tem perdão. Tem vida. Tem salvação.
Amigos leitores! No meio de tantas notícias boas da medicina, na luta contra a covid-19, eis aí a notícia de grande alegria, cantada pelos anjos na noite de Natal. Diz o apóstolo João em 1 João 1.7: "O sangue de Jesus, o seu Filho, nos limpa de todo o pecado."
Deus abençoe a todos. Não procuremos solução onde não existe. Aceitemos a Jesus, como nosso Salvador, e vivamos com saúde espiritual, olhando para o futuro com alegria e esperança, pois em Cristo, temos vida eterna garantida.

Pastor da Congregação Ev. Luterana da Paz

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...