ANO: 26 | Nº: 6573
04/08/2020 Região

Convênio permitirá intervenção na Miguel Arlindo Câmara

Foto: Divulgação

Trecho está localizado sob a esteira de fornecimento de carvão
Trecho está localizado sob a esteira de fornecimento de carvão

A Prefeitura de Candiota e a CGT Eletrosul assinaram um termo de cooperação para realizar a recuperação de uma parte, considerada crítica, da rodovia Miguel Arlindo Câmara. A melhoria será no trecho sob a esteira de chegada do fornecimento de carvão da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) junto à Usina Presidente Médici.
Conforme o prefeito de Candiota, Adriano Castro dos Santos, o valor do convênio é de R$ 181.774,89, sendo R$ 21.052,00 de contrapartida do Executivo e o restante pago, em duas parcelas, pela CGT Eletrosul. O convênio tem validade de 12 meses, contados a partir da data de assinatura.
O prefeito salienta que a CGT Eletrosul havia realizado três processos licitatórios para a manutenção do trecho, mas foram desertos. Agora, a empresa irá repassar a verba para que o município realize a recuperação. A manutenção será entre o trevo de acesso à "Prainha" e o da Usina Presidente Médici.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...