ANO: 26 | Nº: 6590
05/08/2020 Cidade

Secretaria de Saúde afirma que das quatro linhas de contaminação identificadas, três estão controladas

Foto: Tiago Rolim de Moura

Nos últimos dias, uma nova linha de contaminação por covid-19 surgiu em Bagé e começou a apresentar casos positivos, inclusive um óbito. De acordo com as informações da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, são quatro linhas de contaminação principais, identificadas desde o início da pandemia causada pelo novo coronavírus.
A primeira surgiu em março, com o registro do caso zero na cidade, iniciada na Santa Casa de Caridade, ou seja, na linha da saúde. Já as mais recentes foram a celebração de uma casa religiosa, que já resultou em mais de 50 casos confirmados; e a festa de aniversário de um pastor, que culminou, até o momento, em cerca de 30 positivados. Estas três linhas, conforme informações repassadas pela Secretaria de Saúde, já estão controladas.
Agora, a nova linha de contaminação ativa envolve um trabalhador de um haras da cidade que voltou, recentemente, de viagem à Santa Catarina. Essa linha de contágio já tem oito casos confirmados, entre eles um óbito, de uma senhora de 90 anos - a sexta morte relacionada à covid-19 contabilizada para Bagé.
Até o momento, foram confirmados 391 casos, dos quais 293 estão recuperados, 81 com vírus ativo, em isolamento domiciliar, e 11 internados de Bagé, além de seis óbitos. Ainda são suspeitos 624 pessoas, que aguardam o resultado de exames.
Em coletiva de imprensa, na noite de segunda-feira, o prefeito Divaldo Lara destacou que o cenário de casos não é crescente e, sim, decrescente. "Temos um número de casos positivos alto porque a cidade de Bagé faz muito teste. Isso é que garante à população e ao governo saber onde o vírus está, com quem está e isolar estas pessoas", destacou.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...