ANO: 26 | Nº: 6590
13/08/2020 Segurança

Exército integra operação para aumentar segurança na fronteira

Foto: Divulgação

Atuação tem ampliado repressão ao crime
Atuação tem ampliado repressão ao crime
A Operação Fronteira Sul, que iniciou nesta quarta-feira (12), pretende apoiar os órgãos de segurança pública na repressão a crimes transfronteiriços e ambientais. Atua nas esferas federal, estadual e municipal, onde a 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada soma esforços com diversos órgãos, dentre eles a Brigada Militar, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Receita Federal, a Receita Estadual do Rio Grande do Sul, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul e Vigilância Sanitária.
O apoio aos órgãos de segurança pública, feito pelo Exército, visa intensificar a fiscalização, proporcionando a inibição da atuação de organizações criminosas, diminuição dos crimes ambientais, do tráfico, de contrabando, dentre outros.
A Operação também tem como objetivo o aumento da percepção de segurança, por parte da população, por intermédio do aumento da presença das instituições, junto à faixa de fronteira. A mesma engloba municípios como Santana do Livramento, Bagé, Jaguarão e São Gabriel, pertencentes à área de atuação da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada.
O apoio interagencias facilita uma maior cobertura, bem como estreita os laços de amizade, proporcionando agilidade e maior efetividade na busca do objetivo de dar segurança à população do pampa gaúcho.
De acordo com o chefe da comunicação social da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, coronel Jomane Cordeiro, há também o trabalho com um telefone disque-denúncia, cujo número é (53) 99965-8179.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...