ANO: 26 | Nº: 6590
23/09/2020 Fogo cruzado

Lei reconhece relevância cultural do Ponche Verde da Canção Gaúcha

Foto: Divulgação

Evento é realizado, anualmente, no mês de novembro
Evento é realizado, anualmente, no mês de novembro

O governador Eduardo Leite, do PSDB, sancionou a lei que reconhece como de Relevante Interesse Cultural do Estado do Rio Grande do Sul, o Festival Ponche Verde da Canção Gaúcha, realizado no município de Dom Pedrito. A legislação, proposta pelo deputado Sérgio Turra, do Progressistas, também inclui o evento no calendário oficial.
O Ponche Verde da Canção Gaúcha foi criado na década de 1980, quando o Estado tinha cerca de 100 festivais de música nativista, a maioria incentivada pela Califórnia da Canção Gaúcha, de Uruguaiana, que servia de palco para compositores e músicos divulgarem sua arte.
Em 2019, o Ponche Verde alcançou a 34ª edição, de forma ininterrupta, sendo hoje um dos poucos festivais de música gaúcha que permanece tal qual foi criado: com o intuito de mostrar ao público a música gaúcha na sua essência e premiar as melhores composições, assim como autores e intérpretes.
O festival Canto Moleque da Canção Nativa, realizado, anualmente, em Candiota, e a Galponeira de Bagé também integram o Calendário Oficial do Rio Grande do Sul, com leis específicas, que reconhecem os dois eventos como relevantes para a cultura do Estado. Na prática, o reconhecimento, através de legislações, facilitam a captação de recursos. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...