ANO: 26 | Nº: 6590
24/09/2020 Segurança

Mais de 250 agentes assumirão seus postos em delegacias em outubro

Outubro de 2020 deve começar com um importante reforço para a Segurança Pública do Rio Grande do Sul. No dia 1º, será realizada a formatura da 54º turma de escrivães e da 53ª turma de inspetores da Polícia Civil. São mais de 250 novos agentes que incrementarão o trabalho de delegacias em todas as regiões do Estado.
De acordo com o titular da 9ª Delegacia Regional do Interior, delegado Regional Luis Eduardo Benites, para a região, virão, desta turma, apenas três policiais civis para o município de Dom Pedrito. "Nosso efetivo é pequeno e necessitamos de mais agentes, mas acreditamos que em breve teremos mais remanejamento de policiais civis que estão em outras regiões e desejam vir para cá", explicou.
Na segunda-feira, dia 21, representantes dos formandos convidaram o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, para ser o paraninfo de ambas as turmas. Os alunos Alexandre Erdklee, da turma de inspetores, e Michelle de Camargo Flores, da turma de escrivães, foram ao gabinete da vice-governadoria para entregar o convite, acompanhados da chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, e da diretora da Academia de Polícia Civil (Acadepol), delegada Elisangela Melo Reghelin.
A solenidade de formatura ocorrerá no Auditório do Palácio da Polícia, em Porto Alegre (Avenida João Pessoa, 2.050), às 14h. Em razão da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia será adaptada para garantir o cumprimento de todos os protocolos de segurança sanitária e o distanciamento controlado, a exemplo do que ocorreu na formatura de 55 novos delegados, em 2 de setembro. Será obrigatório o uso de máscaras para todos os presentes e haverá distanciamento de 2 metros entre uma cadeira e outra. Para familiares e amigos, que não poderão comparecer para evitar aglomerações, a formatura será transmitida pela internet.
No total, há previsão de formatura de 127 inspetores e 131 escrivães. O número final de novos agentes pode se alterar até a data em razão da finalização do curso de formação ou de decisões judiciais. O ingresso desses novos servidores na Polícia Civil dá continuidade ao cumprimento do cronograma de chamamento apresentado pelo governo estadual em novembro de 2019, para assegurar a reposição planejada de efetivo nas instituições de Segurança Pública, minimizando a defasagem por aposentadorias. Além do ingresso dos 55 novos delegados, categoria que não tinha renovação de quadro desde 2014, o Estado tem atualmente em formação 876 soldados da Brigada Militar, 84 bombeiros militares e 71 servidores (peritos médico-legistas, técnicos em perícias e peritos criminais) do Instituto-Geral de Perícia.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...