MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Deputado propõe redução de incentivos para geração de energia a carvão

Publicada em 14/05/2018
Deputado propõe redução de incentivos para geração de energia a carvão | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Medida afetaria complexo termelétrico de Candiota

Uma proposta apresentada à Câmara dos Deputados, pelo deputado federal Lindomar Garçom, do PRB de Rondônia, pode reduzir os subsídios e incentivos destinados à geração de energia elétrica a partir de carvão mineral. A redação, que foi apensada à proposição que dispõe sobre a criação do Plano de Desenvolvimento Energético Integrado e do Fundo de Energia Alternativa, pode gerar impacto no polo termoelétrico de Candiota.
O projeto altera a legislação que trata sobre a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), encargo que possui diversos objetivos. A CDE serve, por exemplo, para promover a universalização do serviço de energia elétrica em todo o território nacional e para conceder descontos tarifários a usuários de baixa renda, por exemplo. Ela também é utilizada para promover a competitividade do carvão mineral nacional, que beneficia a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE).
Lindomar sustenta que o carvão mineral é uma fonte poluente e cara, argumentando que, nos últimos anos, os subsídios custeados pela CDE, foram, na média, da ordem de R$ 900 milhões por ano. “Entendemos ser importante diminuirmos os incentivos existentes na legislação, representando uma sinalização visando a utilização de uma matriz energética cada vez mais limpa e renovável”, argumenta. O texto, que tramita em conjunto com outras duas matérias, ainda não tem relator.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online