MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Saliba propõe campanha sobre disque-denúncia de violência contra mulher

Publicada em 16/06/2018

As comissões técnicas da Câmara de Bagé devem avaliar, a partir da próxima semana, uma proposta de lei apresentada pelo vereador Geraldo Saliba, do PTB, que autoriza o Executivo a promover campanha de divulgação do serviço de disque-denúncia de violência contra a mulher (Disque 180).
A campanha proposta pelo petebista compreende, basicamente, a distribuição de cartazes em postos de serviço de abastecimento de veículos, estabelecimentos comerciais, casas noturnas, clubes sociais e associações recreativas ou desportivas, salões de beleza, academias de dança, ginástica e atividades correlatas, hotéis, motéis, pousadas e outros que prestem serviços de hospedagem, prédios e templos religiosos, agências bancárias, rodoviária e aeroporto, além do transporte coletivo e seletivo.
O projeto determina que os cartazes, conforme modelo elaborado e distribuído pela Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, serão afixados em locais que permitam aos usuários dos estabelecimentos a sua fácil visualização, com texto impresso com letras proporcionais ao formato do cartaz. A inobservância sujeitará os estabelecimentos à advertência por escrito, aplicação de multa e até suspensão do alvará de funcionamento.
Saliba argumenta que a intenção é garantir a publicidade do disque-denúncia (180) para ampliar e incentivar a utilização do recurso em razão do elevado número de agressões cometidas contra as mulheres. “Cabe ao poder público demonstrar que não é conivente com nenhuma forma de violência cometida contra a mulher e adotar medidas que visem combater tal situação”, justifica.

Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online