MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Operação da Decrab de Bagé fecha mercados na região Metropolitana

Publicada em 26/01/2019
Operação da Decrab de Bagé fecha mercados na região Metropolitana | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

 

Na manhã de sexta-feira, a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé realizou a segunda fase da Operação Patrulha. Segundo informações da Polícia Civil, quatro mercados foram fechados e duas pessoas foram presas na região Metropolitana. Há ordem de prisão preventiva contra outros dois proprietários, mas eles não foram encontrados. Também foram recolhidos, aproximadamente, 300 quilos de carne sem procedência ou imprópria para consumo humano.

A Decrab/Bagé iniciou a investigação da operação sob a coordenação dos delegados André Mendes e Cristiano Ritta, ainda em maio de 2018. Durante nove meses, foi realizado o monitoramento de uma organização especializada em abigeatos e outros crimes praticados na zona rural.

A primeira fase da operação foi desencadeada em 28 de novembro de 2018, quando foram cumpridas mais de 100 ordens judiciais, entre 24 prisões preventivas e mandados de busca e apreensão. Também houve quatro prisões em flagrante, apreensão de nove veículos, maquinário de açougues e mercados, e aproximadamente uma tonelada de carne sem procedência e imprópria para o consumo humano em estabelecimentos comerciais. Segundo a polícia, os pontos recebiam gado furtado.

A Operação Patrulha contabiliza 32 mandados de prisão — entre foragidos e investigados presos. Segundo a Polícia Civil, também foi a primeira vez que mercados tiveram suas atividades suspensas judicialmente por conta de envolvimento com o abigeato.

Segundo a polícia, o grupo é investigado pelo furto de mais de um milhão de reais em gado bovino e maquinário. Foram identificadas ações em Sapucaia do Sul, Canoas, Esteio, Santo Antônio da Patrulha, Capão da Canoa, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Gravataí, Montenegro, Maquiné, Cachoeirinha, Eldorado do Sul, Tapes, Camaquã, Sentinela do Sul, Glorinha, Picada Café, Arroio do Ratos, Encruzilhada do Sul e Campo Bom.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online