MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Júri popular de acusado de matar “Jamaika” acontece hoje

Publicada em 30/04/2019
Júri popular de acusado de matar “Jamaika” acontece hoje | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Vigilante "Jamaika foi morto em 2015

Acontece, hoje, no salão do júri do Fórum de Bagé, a partir das 9h30min, o júri popular de Gabriel Abreu Semper, 25 anos, acusado de ter matado, na noite dia 7 de março de 2015, Cláudio Nilo Lemos da Rosa, conhecido como “Jamaika”. Conforme a investigação, a vítima estava trabalhando em uma casa noturna, na avenida João Telles, como vigilante, quando foi assassinado.
Segundo a sentença de pronúncia, Semper, armado com uma faca, matou “Jamaika” por motivo fútil e mediante recurso que dificultou qualquer chance de defesa. O réu também é acusado pela tentativa de homicídio de Daniel Simões Silva. Consta, nos autos do inquérito policial, que, na madrugada em que ocorreram os fatos, o denunciado estava no interior da casa noturna. Por conduta inadequada dentro do estabelecimento, os seguranças da boate, dentre os quais a vítima Cláudio Nilo, retiraram o denunciado, expulsando-o do local. Por volta das 3h da madrugada, impedido de retornar para o interior da boate, o denunciado teria ido até sua residência pegar a faca que usaria no crime.
Ao retornar para o estabelecimento, após o intervalo de mais de uma hora, de imediato, encontrou a vítima na parte exterior da boate, oportunidade em que aproximou-se, sacou a faca que trazia consigo e desferiu-o golpe mortal. Em seguida, com a vítima desfalecendo, o denunciado guardou a faca e saiu em disparada, oportunidade em que a segunda vítima, Daniel Simões Silva, acompanhado de outro segurança, empreendeu perseguição ao autor.
Nas imediações de um posto de combustíveis, na iminência de ser detido em flagrante, o denunciado sacou, novamente, a faca que trazia consigo e tentou, duas vezes, estocá-la em Daniel Simões Silva, que conseguiu escapar das investidas do denunciado. Ao final, com a chegada de policiais militares, o denunciado largou a arma branca e se entregou, sendo, assim, preso em flagrante delito.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online