MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Frente parlamentar defende manutenção da CGTEE como empresa pública

Publicada em 01/06/2019
Frente parlamentar defende manutenção da CGTEE como empresa pública | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Colegiado foi instalado em ato realizado em Brasília, na quarta-feira

Instalada pela Câmara dos Deputados, na semana passada, a Frente Parlamentar pela Preservação da Soberania Energética Nacional Mantendo e Fortalecendo as Concessionárias Públicas de Energia Elétrica vai defender a manutenção da Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), com sede em Candiota, como empresa pública. O Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul (Senge-RS) e a Federação Nacional dos Engenheiros e outras entidades do setor participaram do ato de instalação, na quarta-feira, em Brasília,
A Frente foi proposta pelo deputado federal Pompeo de Matos, do PDT gaúcho. Na justificativa apresentada à Câmara, o parlamentar argumenta que ‘os debates que ocorrerão no âmbito desta frente parlamentar serão extremamente valiosos, e terão a nobre missão de esclarecer a população brasileira sobre a importância de mantermos sob o controle do Estado, concessionárias historicamente fundamentais para o desenvolvimento do país’.
A frente deve debater o futuro da Eletrobras e de suas subsidiárias (entre elas, a CGTEE, que integra a proposta de desestatização do governo federal). “As concessões das empresas públicas de geração, transmissão e de distribuição foram renovadas pelo poder concedente em 2012 e 2015, assegurando-as o direito de administrar as concessões por mais 30 anos, outorgando a elas a missão de garantir o suprimento de energia elétrica de qualidade, com segurança e confiabilidade a preços justos, respeitando o princípio da modicidade tarifária, a todos os brasileiros”, reforça.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online