MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Decrab/Bagé requer prisão preventiva de apenado de Porto Alegre

Publicada em 05/09/2019
Decrab/Bagé requer prisão preventiva de apenado de Porto Alegre | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Pedido o correu após operação em Dom Pedrito

O delegado André de Matos Mendes, titular da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab), representou, terça-feira, pela prisão preventiva de Diego Menezes Rodrigues, de 34 anos, apenado do Presídio Central de Porto Alegre. Investigação aponta que o detento seria um dos responsáveis por remessas de drogas enviadas para Dom Pedrito. Essa ação foi descoberta durante apuração de assalto a uma propriedade rural.

Agentes da Decrab realizaram, recentemente, no município de Dom Pedrito, a operação denominada Santa Maria. Por conta das investigações, já haviam sido presos Carlos Ariel Goularte Dias e Augusto de Lima Machado, ambos por suspeita de autoria de um violento assalto contra a propriedade rural no interior da Capital da Paz. O trabalho da Polícia Civil constatou que o assalto teria sido apenas um de uma série de crimes realizados pelos acusados e seus comparsas, isso para fomentar o tráfico de drogas.

Apuração da Decrab apontou que lucro obtido com os assaltos seria para custar remessas de drogas que foram enviadas para Dom Pedrito. Ficou constatado, de acordo com a investigação, que, em pouco mais de quatro meses, os criminosos efetuaram pagamentos superiores a R$ 120 mil.

Grande parte da droga que era encaminhada para a Capital da Paz pertenceria a Rodrigues que, se utilizando de “mulas” e “laranjas”, mandava os entorpecentes para Carlos Ariel Goularte Dias vender no município. O inquérito também aponta para o envio de drogas para outras cidades da região e para a ligação dos investigados com facções criminosas, o que faria do detento um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas e outros crimes em Dom Pedrito.

Matos, ao requerer a prisão preventiva, menciona que policiais localizaram importantes mensagens de texto e áudios no telefone de Ariel, alguns de 'suma importância para a elucidação de crimes como roubos e tráfico de drogas'. De acordo com os investigadores, o inquérito policial enviado pela Decrab/Bagé apontou o início, meio e fim da atuação do grupo.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online