MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Lei estadual reconhece relevância histórica do Castelo de Pedras Altas

Publicada em 04/10/2019
Lei estadual reconhece relevância histórica do Castelo de Pedras Altas | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Estrutura foi construída no início do século 20, em estilo medieval

O governador Eduardo Leite, do PSDB, sancionou a lei que declara o Castelo de Pedras Altas como bem de Relevante Interesse Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul. A proposta foi apresentada no ano passado, pelo deputado estadual Luiz Fernando Mainardi, do PT.
O reconhecimento da propriedade como de valor histórico e cultural para o Rio Grande do Sul abre perspectivas de captação de recursos para a recuperação da propriedade e para o uso de suas dependências como equipamento cultural do Estado.
O Castelo de Pedras Altas é uma construção do início do século 20, erguida em estilo medieval, pelo diplomata e político Joaquim Francisco de Assis Brasil, político gaúcho de projeção nacional foi, também, diplomata e introduziu no País, a partir de sua propriedade, técnicas modernas de produção agropecuária, tornando-se uma espécie de patrono do agricultura gaúcha. Hoje, dá nome ao principal parque de exposições rurais do Estado.
A estrutura está localizada a cerca de 30 quilômetros de Pinheiro Machado, no município de Pedras Altas. Além de sediar importantes encontros e reuniões políticas, o Castelo foi o local de assinatura do tratado de paz que deu fim à revolução de 1923. O acordo, conhecido como Pacto de Pedras Altas, foi um marco na história política do Brasil, já que foi a partir dele que se abriu a possibilidade de Getúlio Vargas suceder a Borges de Medeiros como governador do Estado e, em seguida, trilhar os caminhos nacionais.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br