MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Concluídos inquéritos sobre organização acusada de abigeato

Publicada em 11/12/2019
Concluídos inquéritos sobre organização acusada de abigeato | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Procedimentos foram levados ao Poder Judiciário

A equipe de investigação da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab/Bagé) entregou, segunda-feira, os inquéritos nas Comarcas de Palmares do Sul e Mostardas, referentes aos procedimentos que apuraram os crimes de organização criminosa, abigeato, receptação e comércio ilegal de carne oriunda de abates clandestinos.

A apuração teve início há cinco meses, quando a equipe da Decrab identificou uma série de abigeatos praticados de formas semelhantes, fatos que, conforme a polícia, caracterizam típica ação de quadrilhas especializadas. Em cada crime, eram subtraídos, em média, vinte animais. Dentre os crimes investigados, destaque para o furto de 27 animais da raça Devon, no município de Tavares, delito que teve ampla repercussão na imprensa gaúcha. O bando é suspeito de praticar delitos em várias regiões do Estado, especialmente no Litoral Norte e Serra.

Ao todo, foram 11 indiciados. Também, durante as investigações, 30 animais furtados foram restituídos aos seus proprietários. Mais de uma tonelada de carne de abate clandestino foi apreendida. As investigações prosseguem e, nas próximas semanas, outros 10 inquéritos referentes a abigeatos praticados pela organização criminosa serão remetidos ao Poder Judiciário. Durante a primeira fase da Operação Regresso, a Policia Civil apreendeu aproximadamente R$ 700 mil em bens da organização investigada.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online