MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Eleições 2020 / Eleições Bagé 2020

Pela terceira vez, Folador comandará Candiota

Em 15/11/2020 às 23:00h
Yuri Cougo Dias

por Yuri Cougo Dias

Pela terceira vez, Folador comandará Candiota | Eleições 2020 | Eleições Bagé 2020 | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Divulgação

Três disputas de pleito e três vitórias. Esse é o aproveitamento de Luiz Carlos Folador, 52 anos, do MDB. Ele foi eleito com 3268 votos votos (52,27%), ele comandará a Prefeitura de Candiota até 2024 e terá, como vice, Paulo Brum Correa (Paulinho), do PSDB. Dessa vez, como emedebista – as outras duas gestões foram desenvolvidas quando era filiado ao PT. E por falar nisso, na corrida do pleito, superou Adriano dos Santos, do PT, que fez 2911 votos (46,56%), que tinha sido seu sucessor quando cumpriu o segundo mandato. E em terceiro ficou José Giordâni Dornelles (Pimenta), do PSOl, com 73 votos (1,17%).

Além de manter o 100% aproveitamento de vitórias ao concorrer pelo Executivo candiotense, a eleição de Folador também representa um marco partidário na cidade. Acontece que na Capital do Carvão há uma rivalidade histórica entre PT e MDB. Até este domingo (15), cada um dos partidos tinha governado Candiota três vezes. Com a vitória de Folador, o MDB chega a quatro governanças e passa a ser o partido com mais vitórias no município.

MDB x PT: rivalidade histórica

Para fins de complemento dessa rivalidade, vale lembrar que, em 2012, os partidos polarizaram o pleito, com Folador, que buscava a reeleição, e Odilo Dal Molin, respectivamente (Folador estava no PT). Nas eleições de 2016, Adriano, representando a sucessão de Folador, pelo PT, enfrentou Gildo Feijó, do MDB, e Betiollo, do PSDB. Este ano, PT e MDB retornam às urnas, com Adriano e Folador, que deixou o PT e assinou filiação ao MDB no ano passado, com o aval de Dal Molin.

Relação do vice com Bagé

Outro fato que merece atenção é o vice de Folador: Paulinho. O tucano, que disputou o cargo de vice em 2016, pelo PSC, em chapa encabeçada por Betiollo, é filho do ex-vereador de Bagé, Geolar Correa. Cabe destacar que o Progressistas também integra a coligação.

Um breve perfil

Nascido em Pinhalzinho (Santa Catarina), Folador é residente há quase 30 anos em Candiota. Na Capital do Carvão, foi prefeito em duas oportunidades (de 2009 a 2016). Paralelo às atividades do Executivo candiotense, Folador atuou como presidente da Federação das Associações dos Municípios do RS (Famurs) e o Consórcio Cideja.

Fora isso, Folador ocupou diversos cargos em âmbito da comunidade candiotense, como secretário municipal e vereador. Em Brasília, desenvolveu atividades como assessor do Ministério da Agricultura. Agora, vai para seu terceiro mandado não consecutivo em Candiota.

Galeria de Imagens
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online